Notícias

Interpol tentará localizar criminosos ambientais em todo o mundo

Compartilhe:     |  17 de novembro de 2014

A Interpol fez um pedido nesta segunda-feira para que testemunhas se apresentem e ajudem a localizar pessoas procuradas por atentados contra o meio ambiente, como o tráfico de marfim ou a pesca ilegal, em uma primeira iniciativa deste tipo.

A organização policial internacional, com sede em Lyon, leste da França, pediu a ajuda de cidadãos de todo mundo para esta operação que permitirá que criminosos sejam localizados e levados ante a justiça.

A Interpol lançou em 6 de outubro uma operação denominada “Infra-Terra” (International Fugitive Round Up and Arrest), destinada a encontrar 139 delinquentes foragidos e procurados por 36 de seus 190 Estados membros.

Operações similares foram realizadas na América (“Infra-Americas”) e no sudeste asiático (“Infra-SEA”), e outras “Infra-Red” foram realizadas em nível mundial em 2010 e 2012. Segundo a Interpol, as operações permitiram localizar e de deter 600 delinquentes em todo mundo.

Mas esta é a primeira operação da Interpol visando a indivíduos procurados por delitos contra o meio ambiente, segundo comunicado oficial.

 



Fonte: Exame



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

“Comida de humanos” pode até matar os pets! Veja os riscos dessa prática

Leia Mais