Notícias

Invasão de lagarto exótico deixa alerta cientistas dos Estados Unidos

Compartilhe:     |  28 de junho de 2014

O lagarto teiú (Tupinambis merianae), que chegou à Flórida com o comércio de animais exóticos, ameaça as espécies nativas, como o crocodilo e a tartaruga, dos quais devora os ovos, estudo recente divulgado esta semana, conduzido por Frank Mazzotti, professor de ciências da Universidade da Flórida.

“A preocupação é que os ovos de todas as espécies que têm seus ninhos no solo são comida em potencial para esta espécie invasora”, disse Mazzotti, principal autor da pesquisa divulgada no mês passado, que se baseou em colocar câmeras para observar o comportamento do lagarto sul-americano.

Efetivamente, os cientistas puderam captar imagens do teiú, um lagarto negro e branco que pode medir mais de um metro, roubando ovos de crocodilos e tartarugas.

Um dos maiores perigos do animal não autóctone, que foi visto pela primeira vez vivendo de forma silvestre na Flórida (sudeste dos Estados Unidos) em meados de 2000, é sua capacidade de se adaptar, segundo os especialistas. “Por sua habilidade para se movimentar no terreno e suportar baixas temperaturas, preocupa-nos seu potencial para se estender a outras regiões”, disse Mazzotti.

Estas características podem tornar o réptil mais perigoso, inclusive, que a píton-de-Mianmar, outra espécie invasora que dizimou certos mamíferos na região pantanosa dos Everglades.

“Os esforços das agências estaduais e federais para proteger e restaurar as populações de fauna nativa na Flórida estão em risco até que possam conter as populações” de espécies invasoras, concluiu o estudo. “Se tivéssemos mais recursos, faríamos um trabalho melhor” de contenção do lagarto sul-americano, disse Mazzotti.

A Comissão de Conservação de Pesca e Vida Silvestre da Flórida incentiva as pessoas que avistem um teiú argentino a reportá-lo imediatamente.



Fonte: G1 - France Presse



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Cadela cega explorada para reprodução é salva e se torna amiga de menino com deficiência

Leia Mais