Notícias

Já ouviu falar em buracos brancos? Cientistas explicam essa teoria

Compartilhe:     |  13 de março de 2019

Cientistas ainda tentam entender a origem e os mistérios sobre os buracos negros. No entanto, de acordo com descobertas recentes, essas regiões não devem ser o único tipo de “buraco” no universo: também podem existir os buracos brancos.

A Teoria da Relatividade Geral diz que de um buraco negro, nenhuma partícula consegue escapar. Isto é, a matéria entra nele e nada sai dali. Assim, os buracos brancos funcionariam de maneira contrária.

Estima-se que os astrofísicos começaram a usar o conceito de buracos brancos durante a década de 1970. De acordo com pesquisadores, enquanto um buraco negro é capaz de sugar toda a matéria a sua volta, o buraco branco expele o material, lançando radiação ao espaço.

O cientista Erik Curiel explicou a possibilidade do fenômeno para a Enciclopédia Stanford de Filosofia: “Como as equações de campo da relatividade geral não escolhem uma direção preferida do tempo, se a formação de um buraco negro é permitida pelas leis do espaço-tempo e gravidade, então essas leis também permitem buracos brancos”, diz. De acordo com o portal Science Alert, a formação de um buraco branco seria como se “apertássemos um botão de ‘retroceder’ de um buraco negro”.

Apesar das teorias, até o momento, esse tipo de buraco negro “invertido” nunca foi observado de fato. Alguns físicos chegam a considerar que o fenômeno não existe no Universo.

Uma das principais questões sobre os buracos brancos é entender como eles se formariam, já que não é possível voltar no tempo e vê-los sendo gerados. Cientistas acreditam que, se de fato os buracos brancos já existiram, isso aconteceu há bilhões de anos atrás.

No vídeo abaixo, é possível entender mais sobre os buracos brancos:

Buracos brancos existem?

Os buracos brancos podem existir apenas em teoria – contudo, um tempo atrás, os buracos negros também eram apenas uma hipótese.

Alguns cientistas acreditam que explosões de raios gama – estouros que emitem mais energia em 10 segundos do que o Sol consegue fazer em 10 bilhões de anos – podem vir de buracos brancos. Em 2011, dois astrofísicos apontaram que uma explosão do tipo, que foi detectada com propriedades incomuns, pode ter vindo desse fenômeno. Porém, as chances da suposição estar correta são baixas.

Há também a teoria de que o Big Bang era, na realidade, um enorme buraco branco; no entanto, ainda não há como comprovar isso.



Fonte: Galileu



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Projeto de lei ‘Animal não é coisa’ é aprovado pelo Senado

Leia Mais