Notícias

João Pessoa (PB) receberá a sexta edição do “Congresso Mundial de Bioética e Direito Animal”

Compartilhe:     |  3 de agosto de 2018

A bioética perpassa, de forma transdisciplinar, dentre outras, pelo Direito, Biologia, Medicina (humana e animal) e Filosofia, enquanto ética aplicada para a vida.

João Pessoa sediará, de 26 a 28 de setembro de 2018, no Espaço Cultural José Lins do Rego, o VI Congresso Mundial de Bioética e Direito Animal, que tem como realizadores o Instituto Abolicionista Animal (IAA) e a Associación Latinoamericana de Derecho Animal (ALDA). Esta versão do evento contará com mesas-redondas, grupos de trabalho (GTs) para apresentação de artigos científicos, minicursos e pôsteres. A ANDA também estará presente, reapresentada pela presidente da ONG, a jornalista Silvana Andrade.

Nesta edição há uma especificidade: ‘O Despertar da Consciência’. Tema central do evento, objetiva, em todas as abordagens, provocar nos participantes o “start” consciencial ou ampliar a compreensão de respeito aos animais, em consonância com a concepção biocêntrica de que toda vida é importante. E o beija-flor branco foi o animal escolhido como representação simbólica do despertar dessa consciência.

A bioética perpassa, de forma transdisciplinar, dentre outras, pelo Direito, Biologia, Medicina (humana e animal) e Filosofia, enquanto ética aplicada para a vida. Trata-se de um campo de estudo basilar para as demais áreas do conhecimento que têm como norte as condições dignas e necessárias de valoração da vida animal. Essa transdisciplinaridade compõe a programação do Mundial.

Durante o evento, no Espaço Cultural José Lins do Rego, serão utilizadas as instalações do Teatro Paulo Pontes (26 e 27/09) e a Sala Maestro José Siqueira (dia 28/09) para a realização das Mesas-redondas. Os Mezaninos receberão os trabalhos científicos em forma de pôsteres. Os Minicursos e GT’s acontecerão em salas localizadas no Mezanino 1. Está prevista ainda uma programação paralela: a exposição fotográfica ‘Ocultos’, que será instalada nos mezaninos; e a Veganart – feira vegana que acontecerá no térreo, abaixo do mezanino 1.

Programação e assuntos

Previamente à abertura oficial do VI Congresso Mundial de Bioética e Direito Animal, teremos a Pré-Conferência de Medicina Veterinária do Coletivo, nos turnos manhã e tarde do dia 26 de setembro de 2018, no Teatro Paulo Pontes, numa realização em parceria com o Conselho Regional de Medicina Veterinária da Paraíba (CRMV-PB).

Os assuntos abordados durante o Congresso serão distribuídos por toda a programação (mesas-redondas, minicursos e GTs). Entre eles, estão: O uso de animais e desequilíbrio ecológico; Constituição, direitos humanos e direito animal; Educação animalista; Animais domésticos, família e direito; Diagnóstico de maus-tratos contra animais; Animais não são coisas: princípios de educação animalista; Vulnerabilidade como fundamento para os direitos animais.

Programação paralela

Durante os dias do evento, para que a atmosfera do Espaço Cultural esteja tomada, em sua maior parte, em defesa e respeito aos direitos dos animais, os organizadores irão realizar, paralelo ao Congresso Mundial de Bioética e Direito Animal, a EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA ‘OCULTOS’, no mezanino 1 (próximo à entrada do teatro Paulo Pontes), com o viés de conscientizar as pessoas em prol da libertação animal. A ideia é mostrar animais humanos nas condições de bilhões de animais bovinos no “corredor da morte”, prestes a irem para o abate.

Também haverá uma pequena FEIRA VEGANA (VEGANART), no térreo (abaixo do mezanino 1), com venda de produtos livres da exploração animal. Estarão à venda comida, roupas, acessórios e cosméticos que NÃO têm componente animal na sua elaboração.

Inscrições abertas

Os interessados em participar do Mundial devem se escrever no site do Congresso clicando aqui. Na página, há uma variedade de informações, inclusive, são apresentadas opções para o participante escolher entre 08 minicursos que serão ofertados no turno da manhã. O turno da tarde e parte da noite serão destinados a realizações de conferências.



Fonte: Anda



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Lei que proíbe piercings e tatuagens em animais é sancionada no Distrito Federal

Leia Mais