Notícias

Mais saudáveis: saiba onde encontrar e porque consumir alimentos orgânicos

Compartilhe:     |  16 de janeiro de 2015

O Brasil é o maior produtor de agrotóxicos do mundo, representando 1/5 do consumo mundial. Eles estão presentes, irregularmente, em 30% dos nossos alimentos, e não estão apenas na salada, mas também nos grãos, frutas, carnes e até em alimentos industrializados.

Contudo, segundo o Ministério do Desenvolvimento Agrário, muitos dos alimentos que chegam à mesa do consumidor (cerca de 70%) vêm da agricultura familiar, e cada vez mais esses produtores estão vendo a agricultura orgânica como mais saudável para eles e para os consumidores.

Alimentos orgânicos são aqueles cultivados sem agrotóxicos e fertilizantes químicos. Existe o mito de que os alimentos orgânicos são caros demais, mas na verdade o que acontece é que eles parecem mais caros porque os supermercados onde costuma-se comprar cobram até quatro vezes mais do que as feiras.

Nas feiras orgânicas, muitas vezes, os consumidores compram direto dos produtores, o que significa preços mais baixos e a experiência de troca entre o consumidor e o produtor.

Com o objetivo de tornar os produtos orgânicos mais acessíveis aos consumidores e fomentar uma alimentação saudável, o Idec criou o Mapa de Feiras Orgânicas e Grupos de Consumo Responsável. Basta digitar um endereço para encontrar todas as feiras especializadas e grupos de consumo responsável mais próximos de você, bem como informações de horários de funcionamento e tipos de produtos encontrados nesses locais.

Além disso, o mapa mostrará quais são as frutas, verduras e legumes da estação na sua região para que opte pelos produtos locais.

Os benefícios dos orgânicos

Ao consumir alimentos orgânicos, você contribui com:

• A sua saúde e a da sua família, pois evita o risco de contaminação por possíveis resíduos agrotóxicos presentes nos alimentos frescos;

• A preservação do meio ambiente, uma vez que o solo e a água não são contaminados. Além disso, a produção agroecológica baseia-se no uso responsável dos recursos naturais, contribuindo para o desenvolvimento sustentável, assim como para a conservação e valorização da biodiversidade e da cultura local;

• A redução dos riscos à saúde dos trabalhadores rurais, que na produção convencional ficam expostos a substâncias tóxicas;

• A valorização do pequeno agricultor, que tem mais autonomia sobre a produção.

Alimentos Agroecológicos

A agroecologia é um conceito mais amplo e avançado. Os produtos agroecológicos não só não possuem agrotóxicos e transgênicos como são cultivados de forma justa, economicamente viável e ecologicamente sustentável. Saiba mais sobre agroecologia no vídeo abaixo.

Desafio Cresça

O Desafio Cresça, criado pela Oxfam, trata do que cada um de nós pode fazer para ajudar a modificar um sistema de produção e distribuição de alimentos que deixa quase 900 milhões de pessoas com fome e dificulta o acesso a alimentos saudáveis e sustentáveis para maioria das pessoas no mundo.

Ele reúne cinco princípios que, se adotados por famílias em todo o mundo, provocarão mudanças positivas que ajudarão a construir um futuro sem fome e mais qualidade de vida na alimentação:

> Evitar o Desperdício;

> Apoio ao Pequeno Agricultor;

> Consumo Sazonal e Regional;

> Explorar Novos Sabores (menos carne);

> Cozinha Eficiente.



Fonte: Portal Idec



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Considere aspectos individuais antes de sacramentar vínculo com animal de estimação

Leia Mais