Notícias

Menino autista sai do seu mundo silencioso após fazer amizade com cãozinho

Compartilhe:     |  30 de dezembro de 2020

Como muitas crianças autistas, o menino de quatro anos Leon Kirby-Bulner vivia trancado em seu mundo privado e silencioso, mas isso mudou após a criança especial conhecer o cãozinho Fern. Graças a essa doce amizade, Leon passou a ser mais ativo e comunicativo. O cachorrinho da raça cocker spaniel conseguiu romper barreiras que nem mesmo especialistas chegaram perto de alcançar.

A mãe de Leon, Hayley, acredita que eles são almas gêmeas e que criaram um vínculo único que transcende qualquer explicação científica. “Eles rapidamente se tornaram inseparáveis. As primeiras interações de Leon não foram com humanos, mas com Fern. Ele tinha um brilho nos olhos que não tínhamos visto antes. Ele é um verdadeiro amante dos animais e prefere os animais às pessoas”, conta.

O cãozinho é mais que um membro da família, é o principal pilar da estabilidade de Leon. A simples presença de Fern acalma o menino em momentos de crise e ansiedade. “Fern guarda as escadas para que ele não se machuque, ela se coloca entre ele e o chão quando ele está tentando bater com a cabeça. Ela geralmente o consola quando necessário”, explica a mãe do menino.

O cãozinho não é considerado um animal terapeuta, muito pelo contrário. Ele é visto com um membro da família que ama e quer proteger seu tutor mais indefeso. Os pais de Leon esperam que todas as famílias em que há crianças autistas, também existam animais especiais para ampará-las e ajudá-las a desenvolver todo o seu potencial.



Fonte: Anda



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Estresse passa do dono para o cachorro

Leia Mais