Notícias

Microsoft se compromete a atingir metas de ‘zero desperdício’

Compartilhe:     |  9 de agosto de 2020

Comprometida em contribuir para a preservação do meio ambiente, a Microsoft anuncia hoje (05 de agosto) o objetivo de atingir zero desperdício nas operações diretas, produtos e embalagens da Microsoft até 2030. A empresa reduzirá os mesmos resíduos que gera por meio da reutilização, do reaproveitamento ou da reciclagem de sólidos, compostos, eletrônicos, construção e demolição, e resíduos perigosos. Serão criados Centros Circulares Microsoft inéditos para reutilizar e redirecionar servidores e hardware em nossos datacenters. Também eliminará plásticos descartáveis de embalagens e usará tecnologias para melhorar o controle de resíduos. Além disso, serão feitos novos investimentos nos fundos da Closed Loop Partners e os próprios funcionários serão orientados para reduzir seus volumes de resíduos.

Este trabalho tem como base as iniciativas contínuas de redução de resíduos que tiveram início em 2008 e resultaram nas certificações de zero desperdício do Puget Sound Campus e datacenters em Boydton, Virgínia e Dublin, Irlanda

Com as ações, é esperado que até 2030, pelo menos, 90% dos resíduos sólidos sejam destinados a aterros sanitários e incineração dos campus e datacenters da empresa, que a fabricação dos dispositivos Surface seja 100% reciclável, uso de embalagens 100% recicláveis (em países incluídos na OECD, Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico) e que seja atingido, no mínimo, 75% de desvio de resíduos de construção e demolição para todos os projetos. Este trabalho tem como base as iniciativas contínuas de redução de resíduos que tiveram início em 2008 e resultaram nas certificações de zero desperdício do Puget Sound Campus e datacenters em Boydton, Virgínia e Dublin, Irlanda.

Sabendo que todos os anos, mais de 11 bilhões de toneladas de resíduos são produzidos em todo o mundo, de acordo com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, essa iniciativa é a terceira arrancada da Microsoft na ampla iniciativa de sustentabilidade ambiental da companhia, lançada no início deste ano, e que tem como foco carbono, água, ecossistemas e resíduos – na qual nos comprometemos a ser Carbono Negativa até 2030. Estamos estabelecendo metas ambiciosas para cada um desses itens e incentivando nossos clientes a fazerem o mesmo por meio de tecnologias e do nosso aprendizado.



Fonte: Inforchannel



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Gatos: dicas de cientistas para cuidar bem do seu pet

Leia Mais