Notícias

Mil toneladas de óleo vazam de navio cargueiro nas Ilhas Maurício

Compartilhe:     |  13 de agosto de 2020

Uma praia do arquipélago ficou tomada pelo óleo, que vazou após o navio colidir com um recife

O azul esplêndido do mar das Ilhas Maurício, na África Oriental, ficou marcado por manchas pretas após mil toneladas de óleo vazarem de um navio cargueiro, contaminando o ecossistema marinho. Até o momento, 500 toneladas foram retiradas do local.

Uma praia do arquipélago ficou tomada pelo óleo, que vazou na última semana após o navio colidir com um recife. A embarcação, denominada MV Wakashio, é de propriedade da Nagashiki Shipping Company e operada pela Mitsui OSK Line.

O crime ambiental pode ter gerado uma grande “crise ecológica”, segundo o Greenpeace. Por conta do vazamento, as Ilhas Maurício decretaram estado de emergência.

Fundadora da agência de ecoturismo Mauritius Conscious, Romina Tello, de anos 30, integrou a equipe de limpeza que atuou nos manguezais da região. Cilindros para flutuar no mar e absorver o combustível poluente foram feitos pelos moradores da ilha com folhas de cana-de-açúcar, garrafas plásticas e cabelos cortados pela população de maneira voluntária.

“O cabelo absorve óleo, mas não água, e há uma grande campanha em torno da ilha para conseguir o cabelo”, disse Tello.

Uma força-tarefa se iniciou no arquipélago. Além de doações de sanduíches para os voluntários, acomodações gratuitas foram oferecidas em pousadas. Cabeleireiros também oferecem descontos para quem doar cabelo.

Foto: Reuben Pillay /Virtual Tour of Mauritius/via Reuters

O vazamento aconteceu nas proximidades do Blue Bay Marine Park, uma reserva natural com corais e peixes que podem ter sido severamente afetados pelo óleo.

A Mitsui OSK Lines se posicionou sobre o caso. Em entrevista concedida à mídia internacional em Tóquio, Akihiko Ono, vice-presidente executivo da companhia, desculpou-se em nome da empresa. “Pedimos desculpas profundamente pelos grandes problemas que causamos”, disse. O executivo prometeu agir para conter o vazamento.

Não há informações sobre possíveis punições as quais a empresa pode ser submetida.

Manchas de óleo no Brasil

Após um crime ambiental levar à contaminação da costa brasileira através de um vazamento de óleo em 2019, novas manchas surgiram na Bahia na última semana.

Equipes da Marinha e do Corpo de Bombeiros retiraram cerca de 500 kg de óleo de uma praia em Ilhéus, na última sexta-feira (7).

Segundo o secretário do Meio Ambiente de Ilhéus, Mozart Aragão, o “óleo não parece ser igual ao que vazou no ano passado”. “Já realizamos a limpeza e aguardamos o resultado da análise para saber de que material se trata”, disse.



Fonte: Anda



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

“Comida de humanos” pode até matar os pets! Veja os riscos dessa prática

Leia Mais