Notícias

Ministério da Saúde diz que risco de transmissão do ebola é baixo no Brasil

Compartilhe:     |  17 de agosto de 2014

O Ministério da Saúde desmentiu, na noite da sexta-feira (15), os boatos de que o vírus ebola estaria circulando no país. A notícia surgiu na última terça-feira (12/8), quando algumas pessoas começaram a repassar pelas redes sociais Whatsapp e Facebook a história de um nigeriano que teria falecido em decorrência da doença no Hospital Universitário de São Luís, no Maranhão.

Em nota oficial, “O Ministério da Saúde esclarece que não há caso suspeito ou confirmado da doença no Brasil. Vale ressaltar que o risco de transmissão para o país é considerado baixo”. Apesar de ter classificado o ebola como “emergência de saúde pública de caráter mundial”, os dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que os países acometidos pelo surto, por enquanto, são Guiné, Libéria e Serra Leoa, todos situados na África.

O órgão ainda esclarece que, como a doença é transmitida pelo contato direto com sangue, secreções, órgãos e outros fluídos corporais de pessoas ou animais infectados, a transmissão para outros continentes é pouco provável. Como medida de segurança, a OMS recomendou restrição do comércio e fluxo de pessoas com os países afetados.

A doença causa graves hemorragias e pode atingir uma taxa de mortalidade de até 90%. Atualmente, o vírus já deixou mais de mil mortos e, de acordo com a organização Médico sem Fronteiras, está se alastrando mais rápido do que a capacidade de resposta.

Para se prevenir de possíveis surtos, o governo federal brasileiro pediu que todas as unidades de saúde de todo o país permaneçam em alerta.



Fonte: Revista Crescer



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Cadela cega explorada para reprodução é salva e se torna amiga de menino com deficiência

Leia Mais