Evite o Desperdício

Ministros do G20 concordam em liderar redução do desperdício de alimentos

Compartilhe:     |  12 de maio de 2019

Resultado de imagem para Ministros do G20 concordam em liderar redução do desperdício de alimentosOs ministros da Agricultura dos países do G20 prometeram hoje liderar a redução do desperdício de alimentos, no final de uma reunião de dois dias realizada na província de Niigata, no noroeste de Tóquio.

Numa declaração conjunta, os representantes da Agricultura também concordaram em intensificar os esforços para aumentar a produtividade através do uso de novas tecnologias, a fim de enfrentar a alimentação da crescente população mundial.

“Inovação e conhecimento são críticos para o crescimento sustentável da produtividade no setor agroalimentar”, lê-se num comunicado divulgado pela agência de notícias japonesa Kyodo.

Os ministros e outros representantes que participaram nas negociações destacaram “o enorme potencial” das tecnologias inovadoras, como a robótica ou a inteligência artificial, como meios a aplicar no setor para atingir esses objetivos.

Os participantes da reunião também pediram colaboração para enfrentar os desafios globais, como a fome e o desenvolvimento da agricultura sustentável.

A reunião em Niigata, região conhecida pelo cultivo de arroz, foi a primeira reunião ministerial anterior à cimeira do G20, que ocorrerá entre 28 e 29 de junho em Osaka, no oeste do Japão.

A próxima reunião ministerial é a dos titulares das pastas das finanças e dos governadores dos bancos centrais, de 8 a 9 de junho.

O grupo dos países mais desenvolvidos e emergentes (G20) inclui Argentina, Austrália, Brasil, Reino Unido, Canadá, China, França, Alemanha, Índia, Indonésia, Itália, Japão, México, Rússia, Arábia Saudita, África do Sul, Coreia do Sul, Turquia e os Estados Unidos e a União Europeia.

A reunião da agricultura, que terminou hoje, contou com a participação de representantes da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) e de países não-membros, como Chile e Tailândia.



Fonte: Diário de Notícias



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Primeiros socorros: o que fazer quando o seu pet precisa de ajuda

Leia Mais