Notícias

Na semana do meio ambiente, UNESCO lança tradução de publicação sobre ciências oceânicas

Compartilhe:     |  5 de junho de 2018

Na Universidade de São Paulo (USP), a UNESCO lança na próxima quinta-feira (8), Dia Mundial dos Oceanos, a tradução para o português do resumo executivo do Relatório Mundial sobre a Ciência Oceânica. Iniciativa marca a Semana Mundial do Meio Ambiente. Divulgação acontece em evento no Instituto de Estudos Avançados (IEA) do centro universitário. Agência da ONU também promoverá debates no Rio de Janeiro e em Brasília. Na capital fluminense, organismo realiza limpeza de praia em Ipanema.

Amanhã (5), as Nações Unidas comemoram o Dia Mundial do Meio Ambiente. No Brasil, a proximidade da data com a outra, que celebra os ecossistemas marinhos do planeta, levou o governo a declarar oficialmente, por meio de decreto presidencial, a Semana Mundial do Meio Ambiente.

Confira as atividades da UNESCO:

São Paulo

O Relatório Mundial sobre a Ciência Oceânica foi originalmente lançado em inglês, no ano passado, pelo Comitê Intergovernamental Oceanográfico da UNESCO. A representação da agência da ONU no Brasil traduziu o resumo executivo da publicação para o português e lança essa versão no Dia Mundial dos Oceanos (08/06/2018), às 14h, no Auditório do IEA-USP, no edifício da Reitoria da Universidade, em São Paulo (SP), durante o XII Seminário de Manejo Integrado — O Futuro dos Oceanos. O evento é promovido pela Revista Scientific American Brasil, pelo Instituto Oceanográfico da USP e o IEA.

A pesquisa da UNESCO avalia, pela primeira vez, a situação e as tendências das ciências oceânicas no mundo. O objetivo da análise é empoderar a sociedade para que apoie a gestão sustentável dos oceanos, tendo em vista a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável da ONU.

Durante o seminário, também será lançado o Glossário de Termos do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 14 — Vida na Água, elaborado pelo Grupo Assessor do Sistema ONU no Brasil sobre a Agenda 2030.

Ainda em São Paulo, a UNESCO no Brasil participa de uma das celebrações da Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente, para a Semana. No dia 08/06/2018, às 10h30, a agência estará presente na “Mesa Temática ODS – Trocas de Experiências para o Avanço Socioambiental”, que acontece na Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cultura de Paz (UMAPAZ).

Rio de Janeiro e Brasília

No Rio de Janeiro, a UNESCO apresentará, em duas ocasiões, o Relatório Mundial sobre o Desenvolvimento dos Recursos Hídricos 2018: Soluções baseadas na Natureza.

No dia 07/06/2018, às 10h, a apresentação acontece no seminário O Brasil que cuida de suas águas: construindo as bases para o Programa Nacional de Revitalização de Bacias Hidrográficas, realizado pelo Ministério do Meio Ambiente, no auditório da Sede do IBAMA, em Brasília.

A outra divulgação será durante o evento Ação Ambiental 2018, realizado pela Federação de Indústrias do Rio de Janeiro (FIRJAN) no dia 12/06/2018, às 14h40, na sede da entidade, na capital fluminense.

O documento da UNESCO foi lançado durante o Fórum Mundial da Água, em Brasília, em março deste ano. A análise ressalta que reservatórios, canais de irrigação e estações de tratamento de água não são os únicos instrumentos disponíveis para a gestão hídrica. Segundo a pesquisa, soluções encontradas na própria natureza podem colaborar com a melhoria da qualidade da água, do abastecimento e até mesmo desempenhar um importante papel para evitar desastres naturais.

No sábado (09/06/2018), o Instituto-E e a Green People realizam dois eventos, que contam com a cooperação da UNESCO no Brasil. O primeiro deles é o Clean Up Ipanema, um mutirão de limpeza na praia a partir das 08h30, em frente à Rua Teixeira de Melo, no Rio de Janeiro (RJ). Na sequência, às 10h30, acontece a Roda de Conversa sobre Atitudes Sustentáveis, na Casa de Cultura Laura Alvim. O diálogo será mediado por Nina Braga, diretora do Instituto-E, e terá a participação de representantes das ONGs SOS Mata Atlântica, Fazendo Pedras Negras, Bota pra Girar e Orla Marítima, além do Parque Natural Municipal Penhasco Dois Irmãos (PNMPDI).

Durante a semana, a UNESCO no Brasil também fará posts de conscientização nas suas redes sociais, lembrando projetos de preservação como a Rede Mundial de Reservas da Biosfera e de Geoparques Mundiais. O organismo defenderá importância de proteger e conservar os sítios do Patrimônio Natural.



Fonte: ONUBr



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Lei que proíbe piercings e tatuagens em animais é sancionada no Distrito Federal

Leia Mais