Notícias

Nas mãos de dois comerciantes do Distrito Federal, lixo vira arte

Compartilhe:     |  26 de maio de 2014

O que para muitos seria só lixo, pelas mãos de Wallace Moura e Elton Souza vira arte. A ideia surgiu há mais ou menos dois anos e um problema avabou virando solução.

Wallace, que é dono de uma loja que conserta celulares explica como tudo começou.

— A gente estava juntando esse lixo eletrônico na loja e não sabia como descartar esse material, baterias, pilhas daí surgiu a ideia de a gente juntar esse material para dar um descarte correto.

A partir de uma rápida conversa com Elton, o tio e artesão, a ideia tomou fôlego e forma, estava criado o projeto “Se liga”. A proposta é transformar lixo em arte, o que sobra vai para o destino correto.

O material é recolhido entre os moradores do Gama, com o que é recolhido eles produzem miniaturas de motos, carros, aeronaves.

O trabalho serve também para ensinar a crianças a importância de ser sustentável e é exposto para alunos de escolas públicas e particulares do DF. Mais de 20 mil crianças já participaram do projeto, que já recolheu cerca de quatro toneladas de produtos eletrônicos.

Para Helton Sousa, o projeto ajuda os jovens a ocuparem a mente e aprender.

— É gratificante para gente colher esse material ai, porque é um material que vira arte e a gente está incentivando mais pessoas a fazer o mesmo que a gente faz.

Os produtos que não são utilizados nas esculturas vão direto para o museu do projeto, como celulares e máquinas fotográficas antigas. O que não dá mesmo para ser aproveitado é mandado para empresas especializadas no descarte do material.



Fonte: R7



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

5 coisas horríveis que você não sabia que aranhas podem fazer com você

Leia Mais