Notícias

Nasa alerta que a Terra absorve quase duas vezes mais calor que em 2005

Compartilhe:     |  20 de junho de 2021

De acordo com pesquisadores, o cenário é “sem precedentes”

Pesquisadores da Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço (Nasa) e da Administração Oceânica Atmosférica Nacional (NOAA) alertaram para a quantidade de calor absorvido pela Terra. Segundo os analistas, o número praticamente dobrou de 2005 a 2019.

Em comunicado, cientistas da Nasa explicaram que o clima do planeta é determinado por um equilíbrio entre o quanto a energia radioativa do Sol é captada na atmosfera e na superfície e quanta radiação infravermelha térmica a Terra emite para o espaço.

Um desequilíbrio de energia, como é o caso dos resultados da pesquisa, faz o planeta aquecer. “A magnitude do aumento é sem precedentes”, disse o cientista Norman Loeb, principal autor do estudo.

Os pesquisadores apontaram a ação humana como principal culpado. Conforme conta no relatório, o aumento nas emissões de gases de efeito estufa – como o dióxido de carbono – devido à atividade humana prende o calor na atmosfera e não permite que a radiação passe.

O aumento nas temperaturas também causa derretimento da neve e do gelo presente nos oceanos, que, por sua vez, sobem o nível do mar. O calor também ocasiona mudanças nas nuvens, o que, segundo os cientistas, eleva ainda mais o aquecimento.

Outro fator determinante foi uma alteração natural que ocorre no Oceano Pacífico ao passar de uma fase fria para uma fase quente. “Uma fase intensamente quente que começou por volta de 2014 e continuou até 2020 causou uma redução na cobertura das nuvens sobre o oceano e um aumento na absorção de radiação solar”, explicaram os pesquisadores no relatório.



Fonte: Um Só Planeta - Época Negócios - Foto; Nasa / Divulgação



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Como não repreender seu cachorro – Dicas de cuidados e educação

Leia Mais