Notícias

Nasa divulga planos para capturar asteróide e colocá-lo em órbita na lua

Compartilhe:     |  3 de outubro de 2014

A Nasa publicou nesta quarta-feira 1º documentos em que detalha os planos para capturar um asteróide, redirecioná-lo para que fique em órbita ao redor da lua e mandar uma tripulação humana para explorá-lo. A missão faz parte de uma série de estudos da agência americana para desenvolver um método para enviar o homem a Marte. Os relatórios, escritos por engenheiros e oficiais da entidade, descrevem maneiras e tecnologias que permitirão a jornada.

De acordo com a agência, uma aeronave robótica será enviada para encontrar o asteróide até o final desta década. A tripulação humana deve ser enviada para exploração no local até metade dos anos 2020.

Amostras extraídas podem ajudar os astronautas e a Nasa a desenvolver as ferramentas e técnicas corretas para coleta segura. A experiência também avançará as habilidades para encontrar e usar recursos naturais fora da Terra. Corpos rochosos como asteróides e a lua podem conter oxigênio e hidrogênio suficientes para criar ar respirável, água potável e até combustível para foguete.

Dois planos, que devem ser escolhidos até o final do ano, estão sendo desenvolvidos para a missão: em um, a ideia é envolver totalmente o asteróide usando um sistema inflável, no outro, capturar uma rocha diretamente de um corpo celeste muito maior utilizando braços robótico.

Entre as tecnologias detalhadas nos documentos está a Propulsão Elétrica Solar (SEP, da original em inglês), que cria impulso gerado por painés solares, uma maneira muito eficiente de energizar uma aeronave, reduzindo de forma significativa a quantidade de combustível que deve ser transportada.

Os relatórios também descrevem novas roupas espaciais para os astronautas e novos equipamentos para ancoragem entre veículos, que já devem ser testados na missão com o asteróide.

Nasa 3.jpg

Nasa.png



Fonte: Revista IstoÉ



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Cadela cega explorada para reprodução é salva e se torna amiga de menino com deficiência

Leia Mais