Notícias

Natividade, RJ, investe em estudo de espécie ameaçada de extinção

Compartilhe:     |  26 de maio de 2015

O curso de primatologia (ciência que estuda a ordem dos primatas) com foco no sagui da serra escuro, espécie ameaçada de extinção, será realizado nos dias 30 e 31 de maio em Natividade, no Noroeste Fluminense. De acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura, o curso será ministrado pelo primatologista médico veterinário pós-doutorando Daniel Gomes, considerado a maior autoridade em sagui da serra escuro do Brasil.

Inicialmente são 15 vagas para alunos de Natividade e os interessados de outros municípios deverão procurar a Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Natividade para mais informações.

“A ideia do curso surgiu uma vez que foi identificada a espécie no município e foram localizadas nove áreas de ocorrência do sagui da serra escuro, sendo que seis delas são áreas de ameaça”, explicou a secretária municipal de Meio Ambiente, Maria Inês Tederiche Micichelli.

Até 2013 acreditava-se que o sagui da serra escuro, que no Livro Vermelho da fauna é considerado como vulnerável, no mesmo nível de ameaça do mico leão dourado, havia desaparecido do Estado do Rio de Janeiro. Em Natividade, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente identificou quatro espécies em risco: o sagui da serra escuro, tido como vulnerável; sagui da serra claro, também vulnerável; a preguiça de coleira, que consta entre as dez espécies mais ameaçadas do estado, e o bugio, criticamente ameaçado.



Fonte: G1



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Lei que proíbe piercings e tatuagens em animais é sancionada no Distrito Federal

Leia Mais