Notícias

Natureza entrará nas contas do desenvolvimento humano, anuncia ONU

Compartilhe:     |  24 de março de 2021

Organização das Nações Unidas (ONU) adotará um novo parâmetro estatístico para medir índices de prosperidade econômica e bem-estar social dos povos – o Sistema de Contabilidade Econômico Ambiental, ou Contabilidade de Ecossistema. O novo parâmetro medirá o papel da natureza no desenvolvimento das nações. A modificação foi anunciada pelo portal da ONU, no dia 15 de março.

O novo índice reconhecerá o capital natural, como florestas, pantanais e outros ecossistemas em relatórios econômicos, diferentemente das medições tradicionais como o Produto Interno Bruto, que foi aplicado por mais de sete décadas. Trata-se de “um passo histórico e transformador na forma como vemos e valorizamos a natureza”, declarou o secretário-geral da ONU, António Guterres.

O novo quadro deverá reformular decisões e políticas para o desenvolvimento sustentável e a ação climática. A decisão é da Comissão de Estatística da ONU. Ela constata que ecossistemas fornecem serviços importantes que geram benefícios às sociedades. Assim, como ativos econômicos, os ecossistemas precisam ser mantidos.

Um exemplo são as florestas que ajudam a levar água potável às comunidades. “No passado, sempre se media o progresso em termos de valor de mercado pago por bens e serviços, que eram produzidos e consumidos”, explicou o economista-chefe da ONU, Elliot Harris, enquanto a natureza não era levado em conta. A natureza, disse, era tratada como “um bem livre e ilimitado” e, por isso, degradada sem sequer se conhecer o valor da perda.

Harris acredita que é possível alcançar prosperidade econômica sem destruir a natureza.



Fonte: REVISTA IHU ON-LINE - Edelberto Behs



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Frio: veterinários indicam cuidados com pets

Leia Mais