Notícias

Nível do mar subiu cerca de 18 metros em 500 anos, indica estudo

Compartilhe:     |  7 de abril de 2021

Um estudo liderado por cientistas da Universidade de Durham, em Inglaterra, concluiu que o derretimento de camadas de gelo, na última era do gelo, fez subir em 18 metros o nível do mar ao longo de 500 anos. Esse aumento é 10 vezes superior ao atual ritmo da subida do nível do mar, informou a instituição, na última segunda-feira (5).

Em comunicado, a Universidade de Durham informa que as novas pesquisas indicam que episódios anteriores de perda de gelo podem ter causado uma subida do nível do mar “a um ritmo de cerca de 3,6 metros por século, dando pistas vitais sobre o que poderá acontecer, caso as alterações climáticas continuem sem diminuir”.

O período de rápido aumento do nível do mar, que começou há 14,6 mil anos, ficou conhecido como Meltwater Pulse 1A e não existia acordo na comunidade científica sobre qual a camada de gelo responsável pelo fenómeno, apontando-se uma camada de gelo antártico como provável, mas as mais recentes investigações reuniram provas que atribuem esse papel a camadas de gelo no hemisfério norte.

Segundo a mesma nota, além de inundar vastas áreas de terras baixas, esta descarga sem paralelo de água doce no oceano, comparável ao derretimento de um manto de gelo com o dobro do tamanho da Gronelândia em apenas 500 anos, terá perturbado a circulação oceânica, com efeitos de arrastamento para o clima global.

Os cientistas envolvidos acreditam que o conhecimento recolhido sobre a fonte da água de fusão, com base em dados geológicos detalhados ao nível do mar e técnicas de modelação de ponta, “irá melhorar a precisão dos modelos climáticos que são utilizados para replicar o passado e prever mudanças no futuro”.

O investigador salienta que apesar de o Meltwater Pulse 1A ter sido identificado há mais de 30 anos, os cientistas tentaram anteriormente determinar a fonte da subida do nível do mar com base em dados dos trópicos, mas a maioria desses estudos discordou dos registos geológicos da mudança do manto de gelo.

A Universidade de Durham alerta para o “grande risco para a sociedade” que representa a subida do nível do mar devido ao aquecimento do clima e frisa a importância de melhorar a “compreensão dos motivos e da rapidez com que a mudança pode acontecer”, para ajudar a planear os impactos daí resultantes.



Fonte: MSN - IstoÉ Dinheiro



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Primeiros socorros: o que fazer quando o seu pet precisa de ajuda

Leia Mais