Notícias

No sul de MG, escola ensina aos alunos técnicas de agroecologia

Compartilhe:     |  16 de julho de 2014

Uma escola diferente, sem os limites impostos pelas salas de aula, está fazendo sucesso em Lambari, no sul de Minas Gerais. A maioria dos alunos mora na zona rural e, além das matérias convencionais, aprende técnicas de agroecologia.

Mais um dia de aprendizado acontece em meio a natureza. O primeiro contato com a terra acontece quando as crianças ainda são bem pequenas. Com apenas dois, três anos, elas já mostram intimidade com o canteiro de horta, adoram as hortaliças e atacam a alface.

Enquanto os menores aprendem a plantar, os alunos do primeiro ano já estão comemorando a colheita das hortaliças e legumes que plantaram. Ao todo, 80% dos alimentos que compõem o cardápio dos alunos são produzidos na própria escola.

Na aula prática de ciências, Diego Assis, de oito anos, mexe com naturalidade no minhocário que produz húmus.

A escola agroecológica fica em um sítio de 32 hectares em Lambari, no sul de Minas Gerais, onde qualquer lugar se transforma em um espaço de aprendizado. Os 60 alunos que estudam na unidade aprendem as disciplinas tradicionais também em contato com a natureza.

A lição de matemática acontece debaixo da árvore: soma e subtração. Neste cenário também dá para aprender português, história e tudo o que os olhos curiosos descobrem no espaço.

A escola é filantrópica, não cobra nada dos estudantes, e atende até o nono ano do ensino fundamental.. A instituição vive da ajuda financeira de empresas e doações da comunidade.

O trabalho realizado contribui com o aprendizado dos alunos e ainda ajuda a escola a se manter sustentável.



Fonte: Globo Rural



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Uma casa ambientada para você e seu pet

Leia Mais