Notícias

Nos últimos 20 anos, área do tamanho da Holanda foi regenerada naturalmente no Brasil

Compartilhe:     |  13 de maio de 2021

Ao redor do mundo, área do tamanho da França passou pelo processo natural de restauração, segundo estudo realizado pela WWF em parceria com outras organizações

As florestas regeneradas têm o potencial de absorver o equivalente a 5,9 gigatoneladas de dióxido de carbono – mais do que as emissões anuais dos Estados Unidos, de acordo com organizações que trabalham pela conservação da biodiversidade ao redor do globo.

O dado é parte de um projeto conjunto entre World Wide Fund for Nature (WWF), Birdlife International WCS, que estão convidando outros especialistas para ajudar a validar e refinar um mapa de áreas regeneradas identificadas por satélite.

Segundo o WWF, a regeneração florestal acontece de forma natural, por meio de pouca ou de nenhuma intervenção humana. Isso pode significar desde “não fazer nada” até plantar algumas árvores nativas, cercar gado ou remover plantas invasoras.

William Baldwin-Cantello, do WWF, disse para a BBC que a regeneração da floresta natural é, muitas vezes , “mais barata e melhor para a biodiversidade do que as florestas plantadas ativamente”. De acordo com o estudo, a Mata Atlântica é motivo de esperança, com uma área aproximadamente do tamanho da Holanda sendo regenerada desde os anos 2000.

Enquanto isso, nas florestas boreais do norte da Mongólia, 1,2 milhões de hectares de floresta se regeneraram. Outros pontos que passam pelo mesmo impacto positivo são a África Central e as florestas boreais do Canadá.

Os pesquisadores calculam que em todo o planeta uma área do tamanho da França está sendo naturalmente regenerada nos últimos 20 anos.

Contudo, os pesquisadores alertaram que florestas em todo o mundo enfrentam ameaças significativas. Apesar dos sinais encorajadores encontrados no estudo, o desmatamento avança com tanta rapidez que a área florestal da Mata Atlântica, por exemplo, precisaria mais do que dobrar para atingir um limiar mínimo de conservação.



Fonte: Um Só Planeta



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Frio: veterinários indicam cuidados com pets

Leia Mais