Notícias

Nova Zelândia vai plantar 1 bilhão de árvores até o ano de 2027

Compartilhe:     |  4 de maio de 2019

Duas porções de terra em meio à imensidão do Oceano Pacífico. Apesar do isolamento geográfico, a Nova Zelândia vem mostrando que tem muito a ensinar ao resto do mundo. Com sua meta de zerar suas emissões poluentes até 2050, o país comprometeu-se em plantar um bilhão de árvores até 2027.

Até agora já foram plantados 60 milhões de árvores com incentivo do governo. Tendo início em 2018, o programa “Um bilhão de árvores” tem mais nove anos para fazer jus ao objetivo final. No site oficial do projeto, é informado que o Ministério das Indústrias Primárias (MPI) ajudará a aumentar as taxas de plantio e que será necessário um esforço conjunto do governo, proprietários de terras, silvicultores comerciais, grupos de conservação, conselhos regionais e das comunidades.

Rumo ao carbono zero

Atualmente, a Nova Zelândia gera cerca de 85% de sua eletricidade a partir de fontes renováveis, o que inclui geotérmicas, eólicas e hidrelétricas. Mas a ideia é aumentar a capacidade de instalação até chegar a 100% de fontes “limpas” em 2035. Também é parte dos planos fazer com que toda a frota de veículos do governo seja ecológica.

Quando primeira-ministra, Jacinda Ardern, anunciou o compromisso de tornar o país carbono zero até 2050, o líder do Greenpeace da Nova Zelândia afirmou que era “um excelente começo”, mas que esperava que ela conseguisse por fim na exploração do petróleo em alto mar. De fato, no ano passado, foi aprovada uma lei que impede novas licenças para empresas de petróleo e gás explorarem em alto mar. Mais um fato que coloca o país rumo ao carbono neutro.



Fonte: Ciclo Vivo - Marcia Sousa



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Projeto de lei ‘Animal não é coisa’ é aprovado pelo Senado

Leia Mais