Notícias

Nutricionistas apontam benefícios de comer frutas, legumes e verduras da estação

Compartilhe:     |  17 de janeiro de 2021

Abóbora, beterraba, tomate, goiaba, manga e uva. Essa poderia ser a sua lista de compras para a feira ou hortifruti desta semana. Isso porque esses itens são facilmente encontrados neste período, por serem alguns dos legumes e frutas desta estação. Consumir produtos da safra traz inúmeras vantagens, segundo especialistas. Por isso, o EXTRA montou um calendário especificando mês a mês quais são as frutas, legumes e verduras da época.

— Consumir produtos da estação só tem vantagens. A primeira delas é o sabor. Eles são mais saborosos, suculentos e muito mais bonitos, agradam bem mais aos olhos — afirma Ana Carolina Freitas, nutricionista da Iron.

Além do paladar, verduras, legumes e frutas da estação fazem muito bem ao corpo. Isso porque elas se tornam mais nutritivas quando se desenvolvem dentro de seu ciclo natural de colheita. Por conta disso, apresentam mais vitaminas e sais minerais.

Sem contar que, durante a sua safra, estes alimentos ficam mais baratos, já que a oferta é bem grande. Além de fazer bem ao corpo, comprar itens da estação é muito bom para o bolso. Num período pandêmico como o que vivemos e que elevou muito o preço da comida, investir na compra de alimentos da época gera uma grande economia.

— Estamos no verão, e muitas pessoas ficam sem apetite nesta época devido ao calor. Uma ótima opção é aumentar o consumo de frutas, legumes e verduras, pois são alimentos refrescantes e pouco calóricos, e seu consumo regular pode ajudar na perda de peso — explica a nutricionista Ranay Tavares.

Produtos da safra têm menos agrotóxicos

Outra grande vantagem é a diminuição da quantidade de agrotóxicos usados para desenvolver o produto. Os alimentos da safra são mais fáceis de cultivar, o que favorece o plantio local.

— Nesse sentido, consumir vegetais da estação contribui para a diminuição de emissão de gases e desperdício de alimentos com transporte. Uma vez que as distâncias são menores, gasta-se menos combustível. Além disso, o uso de agrotóxicos e compostos químicos pode ser relativamente maior em colheitas não sazonais (fora da época), podendo contaminar os lençóis freáticos e o solo da região. Dessa forma, comprar frutas da estação é, inclusive, uma maneira de aplicar o consumo consciente ao seu dia a dia — destaca Mariana Baleeiro, nutricionista e chef de cozinha.

De olho nas dicas

Veja as características

O consumidor deve observar se as características da fruta, legume ou verdura estão preservadas. Por exemplo, se não estão amassadas, amolecidas ou murchas; se estão com cheiro diferente; se a cor não está amarelada ou amarronzada (para aqueles que não tenham esta tonalidade); se a superfície não apresenta machucados; e se não está vazando algum líquido.

Higienize corretamente

A limpeza dos alimentos evita que você e sua família entrem em contato com larvas, insetos ou parasitas, e elimina bactérias e outros microrganismos. Segundo a Anvisa, para limpar os produtos é preciso: lavar as mãos antes de pegar o alimento; retirar folhas e partes deterioradas dos vegetais; lavar os alimentos em água corrente, um a um; e colocar de molho por 10 minutos numa solução de 1 colher de sopa de água sanitária para cada litro de água. O alimento deve ficar completamente submerso. Ao término, escorra a água e enxágue os vegetais em água corrente e potável.



Fonte: Extra - Evelin Azevedo



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Alimentação natural para cães: dicas e cuidados

Leia Mais