Notícias

O pequeno mamífero que se adaptou bem à mudança climática

Compartilhe:     |  21 de outubro de 2020

Embora as atuais mudanças no clima sejam prejudiciais para a natureza em diversos aspectos, há seres vivos mais preparados para lidar com elas. É o caso do pika, pequenino animal conhecido também como lebre-assobiadora que habita o norte do nosso continente, sobretudo regiões frias e montanhosas. De acordo com um estudo publicado no último dia 13 no periódico científico Journal of Mammalogy, esses mamíferos são uma espécie surpreendentemente robusta.

O fator surpresa decorre do fato de que, como esses animais estão acostumados a viver em locais de clima ameno, a comunidade científica especulava que o aumento das temperaturas culminaria em sua extinção. Contudo, segundo a nova pesquisa, as lebres-assobiadoras têm se mostrado mais resistentes ao calor do que se pensava.

O estudo analisou regiões conhecidas por abrigarem esses mamíferos e apontou que não havia diferença na quantidade de espécimes encontrados entre pontos mais ou menos afetados pela mudança climática. Outro artigo publicado recentemente indicara que há lebres-assobiadoras em 73% dos habitats adequados para elas — um número bastante positivo.

As boas notícias não significam, entretanto, que todas as populações do mamífero estão a salvo. Alguns grupos podem, sim, ter sido negativamente afetados pelo calor, resultando no sumiço do animal em certos pontos. Por ora, enquanto o aquecimento global persevera, resta esperar que mais espécies consigam mudar seu comportamento para melhor se adaptarem ao novo mundo, a exemplo dos pikas.



Fonte: Veja - Sabrina Brito



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Colecionadores de fãs, os siameses são inteligentes, comunicativos e brincalhões. Conheça curiosidades da raça

Leia Mais