Notícias

O que são “gorduras boas” e em que alimentos elas estão presentes?

Compartilhe:     |  7 de janeiro de 2021

Não é necessário cortar toda a gordura das refeições para ter uma alimentação considerada saudável. Pelo contrário, o corpo precisa de gordura pra funcionar bem! Mas é preciso saber escolher e identificar fontes de gorduras boas. Afinal, quais são elas e onde são encontradas?

Primeiro, é preciso saber identificá-las, já que, quimicamente, há diferentes tipos de gorduras. As insaturadas são o melhor deles, o tipo que faz mais bem ao organismo. Gorduras insaturadas são de origem vegetal e apresentam benefícios como ajudar o corpo a absorver cálcio, regular o sistema imunológico, diminuir o colesterol ruim (IDL) e aumentar o colesterol bom (HDL), o que é bom para a saúde do coração.

Há também as gorduras saturadas, que também vêm de fontes naturais, de origem animal e vegetal, como carne vermelha e manteiga. Elas podem ser consumidas, desde que com parcimônia, em poucas quantidades.

O que se deve evitar mesmo são as gorduras trans. Encontrada em alimentos industrializados (como biscoitos e salgadinhos), ela passa por um processo químico com objetivo de aumentar o tempo de conservação e melhorar a textura do alimento. No corpo, provoca inflamação e a longo prazo prejudica a saúde cardíaca ao aumentar o colesterol ruim.

Como consumir gorduras boas?

Para identificar se um alimento tem gordura insaturada, saturada ou gordura trans, é importante sempre olhar os rótulos das embalagens. Confira também a lista abaixo de ingredientes ricos em gorduras boas, segundo a nutricionista Luanna Caramalac:

Abacate

Abacate: 10 razões para você incluir a fruta na sua dieta!

Scroll back up to restore default view.

É uma fruta bastante calórica, mas também muito nutritiva. O abacate é rico em gordura insaturada e também oferece ao organismo vitamina A, vitaminas do complexo B, fibras e substâncias que promovem ação anti-inflamatória.

Salmão

Grande fonte de ômega 3, que auxilia no bom funcionamento do cérebro e do coração. Salmão também é fonte de potássio, de vitamina D e de proteína, o que dá sensação de saciedade.

Ovo

Ovos são considerados alimentos completos. Além de boas fontes de gordura e proteína, também contém vitamina A, vitaminas do complexo B, selênio e cálcio, o que é bom para a saúde dos ossos.

Chia e linhaça

Organic chia and linseed seeds
Chia e linhaça. Foto: Getty Images

As duas sementes auxiliam no bom funcionamento do intestino, por serem fontes de fibras, e também são ricas em ômega-3.

Oleaginosas

É preciso ter cuidado, porque castanhas, amêndoas e nozes podem ser bastante calóricos, mas se consumidos em pequenas porções são ótimas fontes de gordura, fibras e proteína. Também ajudam na memória e na concentração.

Azeite

Uma opção saudável de gordura, que pode ser utilizada (com moderação) no preparo de alimentos ou de molhos para saladas.

Chocolate meio-amargo

Pieces of dark chocolate in a bowl
Chocolate meio-amargo. Foto: Getty Images

Chocólatras podem comemorar: há gorduras boas no chocolate —mas nutricionistas indicam o consumo do item meio amargo, com 70% de cacau na composição. O chocolate também pode beneficiar a circulação de sangue e prevenir contra envelhecimento precoce.

Bela Gil: “Não vou compactuar com a indústria da comida lixo”

Carne feita em laboratório, ‘carne vegetal’… A comida do futuro já pode ser encontrada em algumas prateleiras. Bela Gil dá a sua opinião sobre esses novos alimentos e comenta as críticas que recebe por ser “etilista”.

Nosso objetivo é criar um local seguro e atraente para os usuários se conectarem a interesses e paixões. Para melhorar a experiência de nossa comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários dos artigos.


Fonte: Yahoo - Fernanda Lopes



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Alimentação natural para cães: dicas e cuidados

Leia Mais