Notícias

O que um estúdio de design enterrado esconde sob seu telhado verde

Compartilhe:     |  22 de fevereiro de 2015

Já imaginou como seria trabalhar no seu próprio jardim? As vantagens seriam inúmeras, principalmente pelo fato de não precisar enfrentar trânsito e gastar com transporte ou combustível diariamente. Inspirados por essa ideia, os designers gráficos Pam & Jenny decidiram construir seu estúdio enterrado em seu próprio jardim.

Pam e Jenny precisavam de um espaço de trabalho home office que fosse funcional e não ocupasse totalmente a área de quintal de sua residência. Foi então que contrataram os arquitetos do escritório l’Escaut para projetar seu “estúdio em casa” em Bruxelas na Bélgica.

Inspirados pelas construções do estilo “O Hobbit”, os arquitetos decidiram enterrar a edificação facilitando o percurso da casa até o estúdio sem comprometer o campo de visão para o jardim. Utilizando as mesmas proporções e materiais usados na residência, foi dada continuidade ao estilo de construção existente e através do uso de placas de madeira compensada e perfis de alumínio foi possível construir o estúdio sem a necessidade de uma variedade grande de materiais e minimizando os resíduos gerados na obra.

A escolha por enterrar apenas parcialmente a edificação se deve ao melhor aproveitamento de luz e ventilação naturais. O telhado verde, além de ser um belo jardim, funciona como um isolante térmico para o ambiente interno. Assim, aspectos como conforto térmico, eficiência energética e otimização de espaço foram reunidos em único bloco retangular semi-enterrado.



Fonte: Arquitetura Sustentável



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Uma casa ambientada para você e seu pet

Leia Mais