Notícias

Obama quer proteger vida selvagem no Ártico de explorações petroleiras

Compartilhe:     |  26 de janeiro de 2015

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, vai propor ampliar a área protegida do refúgio ártico do Alasca para 12,28 milhões de acres (4,97 milhões de hectares), incluindo a planície costeira do estado onde se perfuram petróleo e gás, disse o Departamento de Interior neste domingo (25).

A proposta de ampliar a parte da Reserva Nacional de Vida Selvagem do Ártico, designada como zona virgem — que enfrenta uma dura batalha no Congresso norte-americano onde republicanos com controle em ambas as casas se opõem a reduzir a produção de petróleo — foi criticada de imediato por alguns representantes locais.

A zona virgem – mais alto nível de proteção federal contra a exploração de petróleo e gás – se estenderia a 19,8 milhões de acres, disse o Departamento de Interior.

A área em questão, uma estreita faixa situada entre a Cordilheira Brooks e o Oceano Ártico, é um lugar de vital importância para ursos polares e outros animais. O serviço geológico dos EUA calcula que a planície costeira possui cerca de 10,3 bilhões de barris de petróleo.



Fonte: G1 - Reuters



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

“Comida de humanos” pode até matar os pets! Veja os riscos dessa prática

Leia Mais