Notícias

Oito espécies vitais para a Terra que não podemos perder

Compartilhe:     |  5 de março de 2020

Todas as espécies desempenham um papel importante, mas algumas são mais relevantes para o equilíbrio do planeta.

1. Abelhas

Não é segredo que as abelhas são vitais para o planeta, e foram, inclusive, declaradas a espécie mais importante na Terra pela Royal Geographic Society, um instituto de geografia do Reino Unido. Como os principais polinizadores do mundo, elas são fundamentais no ciclo de vida de muitas espécies de plantas. Também dependemos delas para cerca de 70% dos grãos que ingerimos.

Formigas carregando folhas.

2. Formigas

Embora comuns, as formigas são outro inseto que não devemos negligenciar. Elas podem ser encontradas em todos os continentes, exceto na Antártida, e cumprem uma variedade de papéis, desde a circulação de nutrientes no solo até a dispersão de sementes e a ingestão de outros insetos. Atualmente, os cientistas estudam os possíveis impactos das mudanças climáticas nas colônias de formigas.

Foto em close de dois cogumelos.

3. Fungos

Eles não são plantas, animais, micróbios ou protozoários, e às vezes são descritos como o “quinto reino da vida na Terra”. Os fungos podem ser encontrados na água, no solo e no ar, e atuam essencialmente como recicladores de nutrientes naturais do planeta, sendo que algumas espécies podem até mesmo absorver metais nocivos como mercúrio e digerir polímeros (plástico).

Imagem microscópica de fitoplâncton.

4. Fitoplâncton

É difícil expressar o quão importante são esses microrganismos para a vida na Terra. Por um lado, eles produzem cerca de dois terços do oxigênio atmosférico do planeta. Sem eles, a quantidade de oxigênio livre seria bem menor, criando um ambiente muito desconfortável. Além disso, eles são a base da cadeia alimentar nos ecossistemas marinhos.

Morcego pendurado de cabeça para baixo.

5. Morcegos

O que bananas, baobás e tequila têm em comum? Todos dependem de morcegos para polinização e regulação de insetos. Em todo o mundo, diferentes espécies de morcegos preenchem um nicho ecológico vital para garantir que certas culturas continuem prosperando. Uma população saudável de morcegos pode economizar milhões de dólares em pesticidas e é um sinal importante de um ecossistema em equilíbrio.

Foto de uma minhoca na terra.

6. Minhocas

A minhoca é tão importante para a biosfera da Terra que costuma ser chamada de “engenheira do ecossistema”. Elas arejam e enriquecem o solo ao reciclar material orgânico – e, é claro, ocupam um lugar indispensável na cadeia alimentar. Apesar de fundamentais para muitos ecossistemas, diversas espécies de minhocas estão ameaçadas por processos de desmatamento.

Gorila na selva do Congo.

7. Primatas

Como nossos parentes biológicos vivos mais próximos, os primatas oferecem muitas informações sobre a biologia humana. Eles também são vitais para a biodiversidade e são uma espécie fundamental em muitas florestas tropicais, servindo como “jardineiros” ao dispersar sementes.

Peixes nadam na Grande Barreira de corais na Austrália.

8. Corais

Frequentemente chamados de florestas tropicais do mar, os corais cumprem diversos papéis na natureza, desde servir como base para intrincadas redes alimentares até proteger litorais. Pesquisadores estimam que os recifes de coral abrigam mais de um quarto de toda a vida marinha, o que faz deles um dos mais diversos ecossistemas da Terra. Perdê-los significaria perder incontáveis espécies marinhas.



Fonte: Deutsche Welle



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Alimentação natural para cães: saiba tudo sobre o assunto

Leia Mais