Medicina Verde

Óleo essencial de mirra é o melhor remédio para curar feridas

Compartilhe:     |  25 de novembro de 2018
Commiphora myrrha

Um perfume amadeirado, quente, delicadamente picante… muitos sabem usar o óleo essencial de mirra na aromaterapia, por seu poderoso cheiro revigorante e energético, mas poucos sabem que ele também pode ser usado como tratamento da medicina natural. Um novo estudo mostrou que o óleo essencial de mirra também tem benefícios significativos de cura, incluindo o da cicatrização mais rápida de feridas, e o da a proteção contra infecções bacterianas.

O que a maioria das pessoas conhece como mirra é na verdade, a resina endurecida da planta (uma árvore espinhosa cujo nome científico é  Commiphora myrrha), que é utilizada como perfume e incenso. Mas a planta já era usada pela medicina tradicional etíope desde tempos antigos, tanto é assim que, na Bíblia, é dito ter sido a mirra um dos presentes dados a Jesus, pelos três reis magos do Oriente.

Na medicina tradicional etíope, o óleo essencial de mirra é usado no tratamento de feridas. Agora, um estudo publicado na Ethiopian Pharmaceutical Journal comprovou os benefícios desse uso popular, com foco não só na resina, mas também sobre o óleo essencial, chegando à seguinte conclusão: seja o óleo essencial que a resina, podem melhorar a cicatrização de feridas graças aos efeitos antibacterianos da mirra.

Para chegar a estes resultados, os pesquisadores usaram duas pomadas: uma tinha 4% de óleo essencial e a outra tinha 5% de resina. Em seguida, aplicaram-nas topicamente a uma série de participantes; examinaram a toxicidade e testaram as pomadas quanto à atividade antimicrobiana em culturas bacterianas.

De acordo com os autores, as concentrações utilizadas no estudo foram não tóxicas e não irritantes, e as pomadas aceleraram a cicatrização. Além disso, ambas aumentaram a taxa de contração da ferida e a resistência à ruptura da pele, diminuindo o tempo de epitelização.

Tanto a resina quanto o óleo essencial tiveram efeitos antibacterianos comparáveis aos dos antibióticos comumente usados contra bactérias Gram-negativas – embora não tenham tido forte impacto sobre os patógenos fúngicos.

A mirra é portanto um ótimo cicatrizante, regenerador celular e antibacteriano, útil para curar o feridas e lesões da pele. Mas a planta pode ainda ter outros benefícios. Confira:

Quais são os outros benefícios da mirra?

TEM PODEROSA AÇÃO ANTIOXIDANTE – Os antioxidantes são substâncias que ajudam a prevenir o dano oxidativo das células e a mirra pode proteger o fígado do dano causado pela toxicidade do chumbo, melhorando os mecanismos naturais de defesa imunológica do organismo.
PODE PROTEGER CONTRA O CÂNCER – Um estudo conduzido na China descobriu que extratos e compostos derivados da resina de mirra podem se mostrar eficazes contra células cancerígenas em órgãos reprodutivos humanos.
PODE ALIVIAR DORES NEUROPÁTICAS – A neuropatia é caracterizada por sensações dolorosas em diferentes partes do corpo, mesmo sem estímulos externos, e é causada por danos nos nervos. Uma pesquisa sugeriu que extratos de mirra e o incenso podem ser usados para tratar a dor neuropática.
PODE ALIVIAR ARTRITE REUMATÓIDE – Foi descoberto que a mirra pode ajudar a reduzir a dor da artrite reumatóide, graças às suas poderosas propriedades anti-inflamatórias.

Portanto, não somente como cheirinho bom! A mirra é um verdadeiro remédio natural!



Fonte: GreenMe



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Colecionadores de fãs, os siameses são inteligentes, comunicativos e brincalhões. Conheça curiosidades da raça

Leia Mais