Notícias

Os 10 países com as maiores pegadas ecológicas do planeta

Compartilhe:     |  21 de agosto de 2014

A cada ano os recursos naturais do planeta duram menos. Atualmente, 85% da população mundial vive em países que demandam mais da natureza do que os seus ecossistemas podem renovar. Em menos de oito meses, a humanidade conseguiu consumir todos os recursos naturais gerados pela Terra para 2014. Isto significa que já estamos em dívida ecológica: estamos gastamos mais do que a Terra é capaz de repor.

Essa conta entre o que é produzido e o que consumimos é calculada pela pegada ecológica. Ela mede a quantidade de recursos naturais biológicos renováveis (como grãos, vegetais, carne, peixes, madeira e fibra, energia renovável entre outros) que estamos utilizando para manter nosso estilo de vida – e se esse consumo está dentro da capacidade ecológica do planeta.

Segundo dados da Global Footprint Network (GFN), entidade que mede a pegada ecológica de pessoas, cidades e países, seriam necessários 1,5 planeta para produzir os recursos ecológicos necessários para suportar a atual pegada ecológica mundial.

Alguns países são mais responsáveis do que outros por esse déficit. Os Emirados Árabes e seu petróleo ocupam o 1º lugar no ranking das maiores pegadas, com 10,7 hectares globais. Já o Brasil tem só 2,9 hectares globais, uma consequência de sua vasta biodiversidade.

Hectares globais é a unidade de medida usada para medir a pegada ecológica. É uma forma de traduzir a extensão de território que uma pessoa, cidade, país, região ou população mundial utiliza, em média, para suprir suas demandas de consumo: produtos, bens e serviço.

Veja a seguir quais são os 10 países com as maiores pegadas:



Fonte: Envolverde - EcoD



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Aromaterapia para cães tem vantagens, mas exige conhecimento

Leia Mais