Notícias

Países criam plano global contra a poluição. Saiba como você pode ajudar

Compartilhe:     |  1 de abril de 2019

A Organização Mundial da Saúde (OMS) sediou a primeira Conferência Global para a Poluição Atmosférica e Saúde. O evento, que contou com a presença de representantes da maioria dos países, apresentou as evidência científicas sobre os efeitos do excesso de partículas tóxicas no ambiente, principal consequência da queima de combustíveis fósseis.

“Nosso sonho é viver num mundo livre de poluentes. Para chegar a isso, estabelecemos a ambiciosa meta de reduzir em dois terços os números de mortes causadas por esses compostos”, discursou o médico etíope Tedros Adhanom, diretor-geral da OMS.

Veja abaixo algumas medidas que serão implementadas para tentar alcançar o objetivo e outras que você mesmo pode colocar em prática.

Missão das autoridades

Incentivar pesquisas e expandir o conhecimento sobre os poluentes.
Monitorar o nível de poluição nas cidades e produzir relatórios em tempo real.
Elaborar políticas públicas que minimizem o problema.
Informar e capacitar profissionais de saúde e a população sobre o assunto.
O que você pode fazer
Tente andar menos por avenidas movimentadas e com trânsito.
Caso esteja com crianças nesses ambientes, leve-as no colo para que não fiquem na mesma altura do escapamento dos carros.
Na hora de fazer exercício, prefira áreas com um ar mais limpo, como os parques.
Em nenhuma hipótese queime lixo ou qualquer outro tipo de material.

Todos os anos, o ar sujo causa…

1,4 milhão de mortes por AVC
2,4 milhões de mortes por infarto
1,8 milhão de mortes por câncer de pulmão
2,7 milhões de nascimentos prematuros

Folhas que purificam a casa

Uma solução inteligente contra a poluição pode vir da natureza… com uma mãozinha da ciência. Experts da Universidade Washington, nos Estados Unidos, fizeram uma modificação genética na planta Epipremnum aureum, conhecida no Brasil por jiboia. A edição do DNA fez com que ela passasse a absorver e eliminar do ar os compostos clorofórmio e benzeno, relacionados ao surgimento de câncer.

“Procuramos parceiros para avançar nas pesquisas e, no futuro, disponibilizar a tecnologia à população”, conta o engenheiro ambiental Stuart Strand, líder das pesquisas.



Fonte: Saúde - André Biernath



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Entenda a Gravidez Psicológica em Cadelas!

Leia Mais