Notícias

Papagaio-drácula: em risco de extinção por causa da sua beleza

Compartilhe:     |  4 de maio de 2021

Uma ave rara, com aparência exótica, conhecida como papagaio-drácula, tem sido alvo do tráfico e se encontra vulnerável à extinção. Dessa forma, a Natureza corre o risco de perder a beleza e a singularidade desse animal.

Além da caça a este papagaio magnífico, outros fatores estão colaborando para a redução de sua espécie.

Saiba mais sobre este papagaio, quais os outros fatores que estão colocando em risco esta espécie e a importância de ações para preservá-lo.

Razão do nome papagaio-drácula

Devido à sua aparência gótica, ao seu canto grave e ao mesmo tempo áspero, esta ave é associada ao personagem Conde Drácula. Por isso é conhecida como papagaio-drácula.

Apesar dessa associação, essa ave não tem nada de assombrosa ou perigosa. Muito pelo contrário, é inofensiva e, devido ao seu gosto apurado por frutas, contribui para semear e ampliar a vegetação na Natureza.

O papagaio-drácula também é conhecido por outros nomes: papagaio-pesquet ou papagaio-abutre.

O nome científico dessa espécie de papagaio é Psittrichas fulgidus.

Características

As cores das penas desse papagaio que o tornam tão marcante, são alternadas por preto, branco, vermelho e cinza. Por isso, ele chama tanto a atenção por onde passa.

Sua aparência exuberante se deve às suas penas negras contrastando com sua plumagem escarlate no tronco e barriga, lembrando a vestimenta do Conde Drácula.

A sua cabeça negra é pequena, comparada com outras espécies de papagaio.

Esta espécie é uma das três espécies de papagaios que têm rostos sem penas.

O seu bico é relativamente longo e tem a forma de gancho, lembrando o do um abutre, por isso também é conhecido como papagaio-abutre.

diferença entre machos e fêmeas é que os machos têm pontos vermelhos atrás das orelhas.

O papagaio-drácula adulto pode chegar até 46 a 50 centímetros de comprimento (distância entre o bico à ponta da cauda) e pode pesar de 680 a 800 gramas.

Habitats dessa ave

O papagaio-drácula vive, de forma nativa, na Indonésia e Papua da Nova Guiné.

É encontrado em regiões dessas áreas, onde prevalecem colinas e florestas de montanhas baixas.

Hábitos e comportamento

Em relação ao convívio com os de sua espécie, este papagaio geralmente é visto aos pares ou em grupos de até 20 indivíduos.

A alimentação do papagaio-drácula é frugívora (se alimenta de frutas).

Suas frutas prediletas são certos tipos de figos.

Esta ave pode apresentar excepcionalmente comportamento nômade, quando não há disponibilidade de frutas onde ele se encontra.

Curiosidades

É bem provável que a cabeça dessa ave não tenha penugem, como mecanismo natural de adaptação e evolução dessa espécie. Pois se fosse coberta por penas, correria o risco de grudarem nas frutas pegajosas e suculentas que servem de alimento a ele.

Fonte fotos: Wikipedia

Reprodução

A mamãe papagaio-drácula gera seus filhotes colocando de um a dois ovos em um ninho, localizado em uma árvore grande e oca.

O tempo de vida desta espécie é de cerca de 9 anos.

Estatística populacional dessa espécie

Segundo dados de 2017,  resultante da avaliação feita pela União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN), existem em torno de 20.000 a 49.999 mil indivíduos dessa espécie, distribuídos por todo mundo.

Um número consideravelmente pequeno de indivíduos, e o que é pior, em constante aumento dessa redução populacional.

Causas que estão levando à diminuição desse animal

Como dito, o papagaio-drácula não passa despercebido e é cobiçado por ser uma ave de aparência única e rara.

O que leva à caça desse animal é a ganância e a obtenção de lucro através do comércio que envolve:

Além da caça, outros fatores estão contribuindo com a crescente redução dessa espécie:

O que vem sendo feito para preservar essa espécie

Algumas ações que entidades relacionadas à proteção animal estão realizando são:

O que ainda NÃO foi feito para a proteção desse papagaio

Segundo indicado na avaliação da IUNI, ainda existem medidas que carecem ser realizadas para proteger o papagaio-drácula, tais como:

Bem, pelo visto, é necessário mais ações para que possamos defender e zelar por essa beldade da Natureza!

Ajude nessa conscientização, compartilhando essas informações para que cidadãos e autoridades ajam em favor desse maravilhoso papagaio!



Fonte: Greenme - Deise Aur



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Dente-de-leão: uma planta benéfica também para saúde dos cães

Leia Mais