Notícias

Parceria: Cataki vai chegar para mais de 1,3 mil cidades no Brasil

Compartilhe:     |  18 de maio de 2021

Por meio de aplicativo é possível chamar catadoras e catadores de material reciclável para coleta

Nesse Dia Internacional da Reciclagem, data instituída pela Unesco para estimular a reflexão sobre o descarte correto dos resíduos, o Aplicativo Cataki, em parceira com a Nestlé, anuncia a expansão das cidades atendidas pelo app para um total de 1.303 municípios brasileiros em 2021, um aumento de 20,5% em relação a 2020.

As cidades, localizadas principalmente nas regiões Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste, passam a contar com o benefício de acionar um coletor local para recolher os materiais recicláveis. São municípios onde há catadoras e catadores de reciclável e cooperativas parceiras do Cataki para a realização da triagem dos resíduos e devida reciclagem dos materiais.

Como funciona?

Ao baixar o app, gratuito para iOS e Android, o usuário visualiza o profissional da reciclagem mais próximo e negocia a retirada e o pagamento pelo serviço. Com a novidade, as cidades onde a Nestlé mantém operações, com fábricas e centros de distribuição, passam a contar com a funcionalidade do app disponível, podendo combinar um serviço de coleta via Cataki com as catadoras e catadores de material reciclável.

Lançado em 2017, o Cataki é o aplicativo que faz a conexão direta entre o gerador de resíduos e o catador de materiais recicláveis, uma iniciativa do movimento Pimp My Carroça e que conta com o apoio da Nestlé para expandir a atuação, aumentar a renda dos catadores e os índices de reciclagem no Brasi

Ampliando a atuação de catadores e catadoras

Em 2019, eram 355 municípios atingidos. Em 2020, esse número saltou para 1088. E agora, até o fim de 2021, a meta é chegar a 1.500 municípios. Já são 299 mil downloads, com uma média de 754 chamados mensais. Os maiores volumes de cadastrados estão nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Curitiba, Brasília, Campinas, Belém e Porto Alegre.

“Expandir o serviço para municípios em diferentes regiões e tamanhos é um passo fundamental em nossa jornada para promover a adoção da coleta seletiva, inclusão e valorização das catadoras e catadores de materiais recicláveis pelo Brasil, de forma a levar conhecimento e ampliar a geração de renda dessas cooperativas regionais”, diz Bárbara Sapunar, Diretora de Criação de Valor Compartilhado da Nestlé Brasil.

Foto: Divulgação Cataki

“A PARCERIA COM EMPRESAS QUE ENTENDEM A IMPORTÂNCIA DA RECICLAGEM E DO TRABALHO DO CATADOR É DE SUMA IMPORTÂNCIA PARA NÓS DO CATAKI. ACREDITAMOS QUE COM ESSA AMPLIAÇÃO TEREMOS RESULTADOS CADA VEZ MAIS POSITIVOS NÃO SOMENTE PARA O DIA-A-DIA DESTES PROFISSIONAIS, BEM COMO PARA A SUSTENTABILIDADE.”

Renato Ruiz, coordenador do app Cataki.



Fonte: CicloVivo



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Como não repreender seu cachorro – Dicas de cuidados e educação

Leia Mais