Notícias

Parque Zoobotânico em João Pessoa faz alerta contra o tráfico de animais

Compartilhe:     |  28 de setembro de 2014

O Parque Zoobotânico Arruda Câmara, participa neste domingo (28) em João Pessoa da Campanha Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Selvagens, a campanha acontece em 10 estados brasileiros e é organizada pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV). O objetivo da Campanha é alertar a sociedade que o tráfico de animais selvagens é um crime que traz sérios prejuízos a biodiversidade, acarreta o esvaziamento de florestas, provoca redução  das populações de diversas espécies e leva a um desequilíbrio ambiental.

Durante a campanha, médicos-veterinários e biólogos estarão realizando atividades educativas, orientando a população sobre o tema com a distribuição de panfletos e explicando o assunto para as crianças por meio de cartilhas educativas.

Segundo o diretor da BIca, Jair Azevedo, o zoológico não admite nenhum animal oriundo de tráfico por isso realiza essa parceria com o Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV-PB) de combate ao tráfico, conscientizando a população para que não comprem animais que venham da natureza.

“Todos os animais que chegam ao parque provenientes de tráfico, tentamos reabilitar e soltar com autorização prévia do órgão competente”, afirmou Jair. O comércio ilegal de animais silvestres pode ser denunciado pela população por meio da Linha Verde do Ibama, no número 0800-618080.

“O momento da captura já é extremamente sofrido para o animal porque os traficantes matam as mães para poderem pegar os filhotes do ninho de forma mais fácil, e daí já começa a agonia do animal. O transporte também gera muito sofrimento porque eles são acondicionados em canos, malas ou gaiolas muito apertadas e nesse processo ocorrem quebras de membros ou mesmo o óbito do animal”, alertou a veterinária Débora Rochelly, do CRMV-PB.



Fonte: G1 - PB



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Estresse passa do dono para o cachorro

Leia Mais