Notícias

Pedreiro constrói casa com 11 mil garrafas PET em cidade mineira

Compartilhe:     |  10 de dezembro de 2014

De tendência, a utilização das garrafas PET nas construções parece já ter adquirido o status de realidade. Aqui no EcoD, por exemplo, já mostramos os casos da boliviana que construiu mais de 300 casas com esse material, além de um prédio em Petrolina, no sertão pernambucano.

A nova história de sucesso vem da cidade de Extrema, no interior de Minas Gerais. Lá, o pedreiro Ed Mauro Aparecido Morbidelli utilizou 11 mil garrafas PET para erguer sua casa.

Técnica reaproveita um grande volume de plástico que poderia ser descartado de forma inadequada no meio ambiente.

A residência tem cerca de 100 metros quadrados. O alicerce é de pedra para evitar a umidade e tem a mesma largura das garrafas plásticas que, por sua vez, foram preenchidas de terra e cimento para compor as principais paredes.

Reutilização

Mas o lado ambientalmente correto do projeto vai além. O arrimo é feito de pneus usados e o acabamento foi todo produzido em barro.

O resultado alcançado em dois anos de trabalho é uma casa eficiente, que armazena calor durante o frio e mantém o ambiente fresco em dias quentes.

Além de reaproveitar um grande volume de plástico que poderia ser descartado de forma inadequada no meio ambiente, a técnica empregada por Ed permite uma construção bem mais viável economicamente.



Fonte: EcoD



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Estresse passa do dono para o cachorro

Leia Mais