Notícias

Pegada gigante de dinossauro com mais de um metro de extensão é encontrada na Mongólia

Compartilhe:     |  30 de setembro de 2016

Uma pegada de dinossauro de mais de um metro de extensão, uma das maiores já registrada até agora, foi descoberta no deserto de Gobi por uma equipe de pesquisadores mongóis e japoneses, revelou a Universidade de Ciências de Okayama.

A pegada, deixada por um titanossauro, mede 106 cm de extensão e 77 cm de largura e foi descoberta em agosto, em uma camada geológica formada entre 70 e 90 milhões de anos.

O titanossauro é um dinossauro de pescoço longo, que pode ter medido mais de 30 metros de comprimento e 20 metros de altura, segundo os pesquisadores.

A pegada deixada pelo animal no barro foi moldada naturalmente quando de encheu de areia.

“É uma descoberta muito rara, uma pegada fossilizada e bem conservada, que mede um metro de extensão e tem as marcas das garras”, assinala o comunicado da Universidade de Okayama, que trabalha em conjunto com a Academia de Ciências da Mongólia.

Pegada foi deixada por um titanossauro (Foto: Okayama University of Science/AFP)Pegada foi deixada por um titanossauro (Foto: Okayama University of Science/AFP)


Fonte: G1 - France Presse



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Colecionadores de fãs, os siameses são inteligentes, comunicativos e brincalhões. Conheça curiosidades da raça

Leia Mais