Notícias

Pesquisa: 75% dos brasileiros sentem culpa ao agir em desacordo com boas práticas ambientais

Compartilhe:     |  20 de junho de 2015
Uma pesquisa global revelou que 81% dos brasileiros consideram que as marcas devem ser ambientalmente responsáveis. O estudo global da empresa de pesquisas GfK avaliou os valores ambientais em 23 países.
Na média global, mais de três quartos (76 %) dos entrevistados concordam que as marcas e empresas devem ser ambientalmente responsáveis.
Os resultados por país, mostram que o Brasil (81%) é o quinto pais mais preocupado com a responsabilidade ambiental de marcas e empresas. A lista é encabeçada pela Índia (94%), Indonésia (93%), Turquia (83%) e França (82%). Nas últimas posições, estão os Estados Unidos (66%), a Suécia (62%) e o Japão (58%).
O estudo também abordou a “culpa” que os consumidores sentem eventualmente ao agir em desacordo com o conceito ecologicamente correto. As respostas dos consumidores brasileiros colocaram o país no 3º lugar da lista, com 75% dos entrevistados declarando sentir culpa quando tomam alguma atitude contrária aos valores ambientais. Nas primeiras posições da relação estão os consumidores da Índia (85%) e da Indonésia (83%).
Na média global, 63% dos entrevistados concordam que somente consomem produtos e serviços alinhados com suas crenças, valores e ideais. A divisão por países mostra mais uma vez os consumidores indianos e indonésios à frente.
No Brasil este índice chegou aos 71%, colocando o País na 5ª posição, à frente da China (72%) e da Ucrânia 78%). Para a pesquisa, a GfK entrevistou mais de 28.000 pessoas com 15 anos ou mais, em 23 países, online ou pessoalmente, entre junho e agosto de 2014.
Os países incluídos são Argentina, Austrália, Bélgica, Brasil, Canadá, China, França, Alemanha, Índia, Indonésia, Itália, Japão, México, Polônia, Rússia, África do Sul, Coreia do Sul, Espanha, Suécia, Turquia, Reino Unido, Ucrânia e EUA.


Fonte: Instituto Akatu



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Lei que proíbe piercings e tatuagens em animais é sancionada no Distrito Federal

Leia Mais