Notícias

Pesquisa avaliará relevância dos estudos sobre ecologia florestal

Compartilhe:     |  13 de julho de 2014

Pesquisadores do Grupo de Pesquisa em Ecologia Florestal do Instituto Mamirauá irão desenvolver um estudo para avaliar a relevância dos estudos do componente de ecologia florestal. Serão avaliadas as pesquisas do Projeto Participação e Sustentabilidade: o Uso Adequado da Biodiversidade e a Redução das Emissões de Carbono nas florestas da Amazônia Central, conhecido como BioREC.

A iniciativa da organização social supervisionada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) estabeleceu como metas gerar informações sobre o estoque atual e potencial de sequestro de carbono, assim como sobre a recomposição de áreas degradadas com espécies nativas das áreas de várzea.

As florestas de várzea são essenciais para a manutenção da qualidade dos ecossistemas aquáticos de toda bacia amazônica. As árvores dessas regiões favorecem a deposição de sedimentos suspensos na água e preservam as margens dos principais rios amazônicos contra a erosão lateral.

A avaliação dos estudos foi denominado como  “Projeto BioREC: a Relevância dos Estudos do Componente de Ecologia Florestal”.  Com a atividade será possível avaliar o potencial de algumas espécies de interesse em sequestrar carbono ao longo do seu crescimento e sua capacidade de estabelecimento e crescimento em áreas degradadas com diferentes condições físicas.

A instalação de parcelas botânicas permanentes, com inventários florestais contínuos, fornecerá serviços continuados de longo prazo que permitirão produzir uma estimativa eficaz dos estoques de carbono que pode ser utilizada como ferramentas para o mapeamento desses estoques em escala regional.



Fonte: Portal Brasil



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Quetzal: uma ave bela e misteriosa

Leia Mais