Notícias

Pesquisadora brasileira descontamina água com casca de banana

Compartilhe:     |  24 de outubro de 2014

Várias são as formas utilizadas na descontaminação de água, mas a pesquisadora Milena Boniolo soube como inovar, utilizando um material inesperado – casca de banana. A ideia surgiu depois que a brasileira viu na televisão que só as cadeias de fast food em São Paulo jogam fora 4 toneladas de cascas de banana.

Na altura em que soube desses valores absurdos, Boniolo já trabalhava com a descontaminação de água e então decidiu fabricar um pó feito de cascas e testar. A produção começa quando as cascas de bananas são colocadas em assadeiras, secam ao sol durante uma semana, e depois são trituradas. É esse pó que vai fazer ‘milagres’.

O objetivo da pesquisadora era encontrar forma de retirar o urânio da água contaminada, mas seu método acabou resultando na eliminação de outros metais, como o chumbo ou o níquel. O nível de descontaminação, segundo a criadora, é de mais de 65%, mas o processo pode ser repetido pra aumentar a eficácia.

Por conta dessa inovação de grande poder transformador da sociedade, Milena é uma das concorrentes ao Prêmio Shift – Agentes Transformadores.

Veja o processo:

DescontaminaçãoÁgua1

DescontaminaçãoÁgua2

DescontaminaçãoÁgua3

DescontaminaçãoÁgua4

DescontaminaçãoÁgua5

DescontaminaçãoÁgua6

Atualmente, Milena Boniolo está buscando um parceiro que permita que o método, ainda em fase experimental, possa se tornar uma realidade. A pesquisadora brasileira esteve nas conferências TED explicando o processo:



Fonte: Hypeness



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

“Comida de humanos” pode até matar os pets! Veja os riscos dessa prática

Leia Mais