Sem categoria

Pesquisadora espanhola se impressiona com a biodiversidade brasileira

Compartilhe:     |  26 de outubro de 2019
O programa Ambiente É o Meio desta semana conversa com a professora Maria Pilar Martinez-Agut, do Departamento de Teoria da Educação da Faculdade de Filosofia e Ciência da Educação da Universidade de Valência (UV), Espanha, sobre sustentabilidade e a garantia de um mundo melhor às gerações futuras.

Pela primeira vez visitando o Brasil, a espanhola conta que o contraste entre grandes edifícios e casas “muito pequenas” – cenário muito comum no País – é o que mais lhe causou impacto, assim como o encantamento com a biodiversidade brasileira. “A natureza que há no Brasil é impressionante”, porém, ressalta, “nós recebemos um mundo maravilhoso que desafortunadamente não estamos conservando”.

Para Maria Pilar, mais do que manter a natureza da maneira que a recebemos, é preciso concentrar esforços para que as próximas gerações possam encontrar um ambiente melhor do que a humanidade possui hoje. “O mundo não nos pertence. Temos que conviver e não destruir o meio ambiente. É preciso valorizá-lo como algo fundamental que devemos respeitar”.

A professora ainda expressa a importância de as pessoas buscarem conhecer os objetivos do desenvolvimento sustentável e difundi-los, participando de forma ativa da vida política, que, segundo ela, vai muito além de uma votação a cada quatro anos. “As pessoas podem fazer muito. Como indivíduos fazemos a sociedade caminhar.”

Ouça no link abaixo a íntegra do Programa Ambiente É o Meio.



Fonte: Jornal da USP - Rádio USP



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Considere aspectos individuais antes de sacramentar vínculo com animal de estimação

Leia Mais