Notícias

Pesquisadores alertam: inverno não existirá mais em 2050 na Austrália

Compartilhe:     |  18 de março de 2019

Uma equipe de cientistas e designers australianos se uniu para criar uma ferramenta que mostrasse aos seus conterrâneos como o clima deve ser em suas cidades no ano 2050. Ao criar a ferramenta, a equipe percebeu que as projeções não seguiam o padrão das quatro tradicionais estações do ano e isso levou a uma descoberta surpreendente.

“Observamos as temperaturas médias históricas de cada estação e as comparamos com os dados projetados, e o que encontramos em todos os lugares é que realmente não há período que caracterize o inverno ou um inverno prolongado”, explica o pesquisador Geoff Hinchliffe em um comunicado à imprensa. “Em 30 anos, o inverno como o conhecemos será inexistente.”

Em vez do inverno, os pesquisadores acreditam que os australianos experimentarão a primavera, o outono e uma estação mais longa que estão chamando de “verão novo”. Durante essa nova temporada, as temperaturas atingirão consistentemente mais de 40oC por períodos mais extensos de tempo.

Imagens geradas pelo site que mostra como serão as temperaturas nas cidades australianas em 2050.

Conexão direta com o público
O trabalho realizado por designers da Escola de Arte e Design da Universidade Nacional Australiana (ANU) e do Instituto de Mudança Climática da ANU baseou-se em dados do Departamento de Meteorologia e Informação Científica dos Proprietários de Terras para seu projeto.

Depois de compilar os dados, a equipe buscou uma maneira de apresentá-la que melhor se identificasse com o público. “Isso significava usar cor, forma e tamanho em torno de uma composição que mostra valores de temperatura de um ano inteiro em uma única imagem”, disse Hinchliffe. “Torna-a visualmente rica e interessante e dá muitos detalhes de uma forma que conecta emocionalmente com as pessoas, localizando-a em sua própria cidade.”

Ao apresentar previsões climáticas de maneiras que membros do público possam entender e se relacionar diretamente, esses cientistas ajudam a mostrar como o impacto das mudanças climáticas é urgente. E, quem sabe, isso evite que vejamos o último inverno na Terra.



Fonte: Planeta



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Cadela cega explorada para reprodução é salva e se torna amiga de menino com deficiência

Leia Mais