Notícias

Pesquisadores criam a lâmpada mais fina do mundo usando grafeno

Compartilhe:     |  16 de junho de 2015

Uma equipe de pesquisadores afirma ter desenvolvido a menor lâmpada do mundo, por meio de uma técnica que “acendeu” um filamento de grafeno – o famoso supermaterial conhecido pela leveza e resistência extremas. Ao colocar uma folha do supermaterial entre dois eletrodos e passar uma corrente elétrica através dele, os cientistas conseguiram fazer o material emitir luz.

Em entrevista ao site PhysOrg, Wang Fon-Jen, um dos pesquisadores da Universidade de Seul que fizeram o estudo com americanos da Universidade de Columbia, explicou que o estudo criou a “lâmpada mais fina do mundo”. O feito é importante pois não é fácil reduzir uma fonte de luz a uma escala nanométrica, especialmente usando o modelo de uma lâmpada incandecente que usa eletricidade para se acender.

Geralmente, as temperaturas que um material requer para emitir luz visível fazem com que as amostras menores se despedacem antes de acender. Mas o grafeno é resistente o bastante para aguentar as altas temperaturas. Os pesquisadores mostraram na pesquisa, publicada na revista Natureque foram capazes de aquecer uma fita de grafeno até 2 500 graus Celsius, criando luz.

Apesar do tamanho minúsculo da amostra testada (o filamento de grafeno usado é menor do que um fio de cabelo), a luz que ela emitiu é visível ao olho humano. O grafeno pode aguentar essas temperaturas pois, a medida que fica mais quente, ele conduz o calor com menos eficiência. Com isso, as altas temperaturas ficam presas no centro do material e não chegam nas extremidades da amostra, onde poderiam despedaçar o filamento.

Os pesquisadores afirmam que, com esses resultados, poderão construir telas mais resistentes e flexíveis, ou processadores que usem comunicação ótica, assim como elétrica.



Fonte: INFO - Gabriel Garcia - PhysOrg



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

PETA quer banir o uso do termo “animal de estimação” por ser depreciativo para os animais

Leia Mais