Notícias

Pesquisadores descobrem que espinafre é um potente criador de músculos

Compartilhe:     |  14 de abril de 2021

Espinafre proporciona benefícios para a saúde e ainda pode ser usado para alimentar células de combustível

espinafre é uma hortaliça verde originária da Pérsia, sendo conhecida cientificamente como Spinacia oleracea. Esse vegetal possui benefícios para a saúde e ainda pode ser usado para gerar combustível. Entenda:

Propriedades nutricionais

Cada 100 gramas de espinafre contém:

espinafre é rico em fibras, sendo excelente para a saúde intestinal, pois as fibras contribuem para os movimentos peristálticos e ajudam a reduzir a constipação. Além disso, ele contém boas quantidades de vitamina A, vitamina C, vitamina K1, ferro, cálcio e ácido fólico. Outros compostos importantes encontrados nesse vegetal são luteína, kaemepferol, quercetina e zeaxantina.

Benefícios para a saúde

As propriedades nutricionais do espinafre o tornam um verdadeiro aliado da saúde. Seus compostos naturais, antioxidantes e vitaminas contribuem para diminuição do risco de câncer, diabetes e velhice precoce. Além de auxiliar a saúde ocular, protegendo contra os danos da luz, ele previne doenças cardíacas e hipertensão.

Um estudo mostrou que o espinafre ainda é um aliado de quem busca construir músculos. Isso porque ele é rico em nitrato. O trabalho, publicado na revista científica Journal of Nutrition, explica que o corpo converte os nitratos em óxido nítrico, responsável por melhorar o fluxo sanguíneo e, consequentemente, o desempenho nos exercícios. Além disso, o aumento da função muscular também ajuda a prevenir quedas e fraturas.

Efeitos indesejados

Por ser rico em cálcio e oxalato de cálcio, o espinafre pode contribuir para a geração de pedras nos rins. Por isso, pessoas com alto risco de desenvolver cálculos renais devem limitar sua ingestão. Outro problema é que essa hortaliça é rica em vitamina k1, que apesar de atender a várias funções do organismo, é mais conhecida por seu papel na coagulação do sangue. Como tal, pode interagir com medicamentos diluidores do sangue, como a varfarina. Se esse for o seu caso, procure orientação médica antes de consumir grandes quantidades de espinafre.

Pode ser usado para gerar energia

De acordo com artigo publicado na AU’s Department of Chemistry, o espinafre não fornece energia apenas pare os humanos. Ele também tem potencial para ajudar a alimentar células de combustível. Quando convertido de sua forma frondosa e comestível em nanofolhas de carbono, atua como um catalisador para uma reação de redução de oxigênio em células de combustível e baterias de metal-ar. Usar espinafre para esse tipo de geração de energia é um método barato e menos tóxico do que os catalisadores convencionais, sendo considerado um método sustentável.



Fonte: Equipe Ecycle



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Lei que proíbe piercings e tatuagens em animais é sancionada no Distrito Federal

Leia Mais