Notícias

Pesquisadores fazem lista com toda a fauna brasileira conhecida

Compartilhe:     |  15 de maio de 2015

Trabalho trará síntese da fauna megadiversa brasileira, organizada por bioma, região e bacia hidrográfica, permitindo uma busca online confiável.

Está previsto para outubro deste ano a divulgação da Lista Oficial da Fauna Brasileira, que conterá a relação de todos os animais vertebrados e invertebrados, terrestres e aquáticos (inclusive marinhos), conhecidos no Brasil. Pesquisadores do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa em Engenharia (Coppe) e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) desenvolveram um software, há sete meses, que permite reunir todas as informações sobre esses animais.

O trabalho está sob a coordenação do Ministério do Meio Ambiente (MMA), em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e o Coppe/UFRJ. O trabalho foi dividido entre 60 coordenadores de grupos taxonômicos de vertebrados e invertebrados, e reunirá todas as informações disponíveis sobre a fauna brasileira e produzidas por pesquisadores em publicações, livros, artigos científicos e outras fontes.

CONFIABILIDADE

“O objetivo do trabalho é fazer uma síntese da nossa fauna, em diferentes grupos taxonômicos, elaborando uma relação de toda a fauna de um país megadiverso, como o Brasil, por bioma, região, bacia hidrográfica, permitindo uma busca online confiável”, contou o entomologista e coordenador de Biodiversidade do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTI), José Albertino Rafael.

Rafael integra o grupo de três coordenadores gerais responsáveis pela implementação da Lista Oficial da Fauna Brasileira, também composta pelos professores de Zoologia da Universidade de São Paulo (USP), Hussam El Dine Zaher, e do Departamento de Zoologia da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Walter Antonio Pereira Boeger. Os três estão gerindo a padronização dos nomes científicos em uso de todos os grupos de animais vertebrados e invertebrados.

FORÇA TAREFA

“Fizemos uma reunião de dois dias com 37 zoólogos para acertar os detalhes do planejamento para elaboração da lista completa de todos os animais brasileiros já conhecidos, que inclui insetos, moluscos, marinhos e terrestres”, explicou o diretor do Departamento de Conservação da Biodiversidade do MMA, Carlos Alberto de Mattos Scaramuzza.

Para viabilizar a concretização do trabalho com uso da internet, o MMA está investindo R$ 334 mil, e o MCTI, cerca de R$ 150 mil.

Para saber quantas espécies são conhecidas em cada família taxonômica, os zoólogos contam também com a ajuda do Sistema de Informação sobre a Biodiversidade Brasileira (SiBBr/Pnuma). De acordo com a bióloga do SiBBr, Keila Macfadem Juarez, a lista da fauna brasileira contempla mais de 50 mil espécies, um número ainda preliminar e estimado “porque ninguém nunca fez esse trabalho”. Scaramuzza lembrou que esse número está bem próximo das espécies descritas no Brasil e que pode ser muito maior, pois há muitas espécies ainda desconhecidas dos estudiosos.

REFERÊNCIAS

Os grupos de zoólogos estão preparando três produtos, que são a Lista Oficial da Fauna Brasileira, o Catálogo Eletrônico da Fauna Brasileira, com nome da espécie, área de ocorrência e outras informações, e o serviço Fauna online, acompanhada de uma chave de classificação para identificar o animal pesquisado. “Quando a lista ficar pronta, em outubro, o Brasil vai conhecer toda a sua fauna”, lembrou Carlos Scaramuzza.

O SiBBr é um sistema de informação sobre a biodiversidade brasileira e será usado como plataforma de integração. Keila Juarez explicou: “Trata-se de uma rede integradora de redes, que usa listas de referências para os nomes das espécies e quem consultar o banco de dados terá acesso à lista oficial, com os nomes das espécies da fauna brasileira”.

Assessoria de Comunicação Social (Ascom/MMA) – (61) 2028-1165



Fonte: Ascom - Luciene de Assis - Editora: Melissa Silva



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Uma casa ambientada para você e seu pet

Leia Mais