Notícias

Pesquisas desenvolvem variedade de café mais resistente à seca e às doenças

Compartilhe:     |  18 de junho de 2014

Uma variedade de café mais resistente à seca e às doenças está sendo testada no sul de Minas Gerais e os primeiros resultados são positivos. O acauã novo, como é chamado, teve boa produtividade mesmo em ano com pouca chuva.

Na lavoura de 35 hectares de café em Elói Mendes, o produtor Saulo Roque de Almeida reservou um hectare para o plantio da variedade acauã novo. O agricultor decidiu experimentar a novidade por ser uma planta mais resistente às doenças, como a ferrugem, e diz que está satisfeito.

Enquanto as variedades de café mais cultivadas no sul de Minas sofreram com a estiagem, a acauã novo resistiu à seca e não apresentou problemas com a formação do grão.

A acauã novo é resultado do cruzamento das variedades sarchimor com a mundo novo. Ela vem sendo pesquisada a cerca de 40 anos e segundo o agrônomo da Fundação Procafé, André Garcia, recentemente foi observado que as plantas que tinham os brotos verdes produziam mais grãos do que àquelas de cor dourada. A partir daí, eles começaram a selecionar essas plantas e chegaram a variedade acauã novo.

O agrônomo explica que a variedade já está sendo bastante procurada pelos cafeicultores, especialmente das regiões mais secas do cerrado brasileiro.

A Fundação Procafé tem um controle dos viveiros que produzem as mudas da variedade acauã novo, confira abaixo como entrar em contato com a instituição.

Serviço
Fundação Procafé
Endereço: Alameda do Café, 1000 – Varginha/MG
Telefone: (35) 3214-1411
Email: [email protected]
Site: www.fundacaoprocafe.com.br



Fonte: Globo Rural



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

5 coisas horríveis que você não sabia que aranhas podem fazer com você

Leia Mais