Notícias

Pessoas que têm cães vivem mais e são menos propensas a ter enfartes

Compartilhe:     |  22 de junho de 2014

Você alguma vez já se perguntou por que é tão relaxante passar o tempo com um cachorro? Em um hospital infantil em Londres, Magee tem uma missão especial. Uma jovem se recupera de uma cirurgia delicada. Biscoitinhos e carinhos. No programa da BBC, os pesquisadores confirmam: quando agradamos um cachorro, nos sentimos felizes e relaxados. Melhor ainda: é bom para o nosso coração, porque faz baixar a pressão arterial.

Sabe qual é a explicação científica? Nosso corpo libera a ocitocina na corrente sanguínea. A ocitocina é o mesmo hormônio que as mães liberam quando amamentam o bebê.

As pessoas que têm cães vivem mais e são menos propensas a ter enfartes. Mas até onde vai esta conexão tão especial? Já reparou que eles sempre adivinham quando vamos levá-los para passear? É com a observação constante de nossos gestos que eles adquirem uma espécie de sexto sentido.

Max é um Collie sempre cheio de energia e entusiasmo. Mas, seis anos atrás, a dona dele percebeu que havia alguma coisa errada, parecia fraco, vivia triste e também não queria ficar perto dela.

Maureen tinha um pequeno nódulo no seio, mas como a última mamografia estava boa, ela não se preocupou. Um dia, percebeu que o cachorro encostou no peito dela e ficou desesperado. Maureen correu para o hospital, fez mais exames e nada. Mas ela insistiu por uma biópsia.

Finalmente, o resultado deu câncer. O tumor foi retirado, e Max mudou imediatamente. Voltou a ser alegre e carinhoso.

As experiências dos cientistas mostram que cachorros são capazes de detectar tumores através do cheiro. Em um centro de pesquisas, cães farejam uma seleção de amostras de urina. Nos testes, eles conseguem farejar tumores e diabetes.

Steven é diabético e, quando o nível de açúcar no sangue dele está baixo, o cachorro dá o sinal antes das reações, como fraqueza e desmaio. Cães como o do Steven estão agora transformando vidas. Eles são treinados para detectar os primeiros sinais de outras doenças graves: reações alérgicas severas, ataques epiléticos e narcolepsia.

Eles fazem muito bem à nossa saúde. O simples ato de acariciar, interagir com o cão é capaz de fazer milagres. Já está comprovado: essa amizade regula a nossa pressão arterial e aumenta a nossa imunidade contra doenças.



Fonte: Globo Repórter



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Como restaurar o equilíbrio intestinal de cães e gatos

Leia Mais