Notícias

Plantas ficam internadas em ‘Hospital de Bonsai’ para recuperação

Compartilhe:     |  27 de outubro de 2019

Acompanhar o desenvolvimento de um bonsai é uma terapia para muita gente. Mas para ter uma planta vistosa, a pessoa tem que ter paciência e tempo para tomar todos os cuidados necessários. E nem sempre é isso que acontece.

O designer industrial Erick Herman Lastra viaja muito e, às vezes, falha na hora de regar, fazer as podas e usar os adubos. É por isso que ele recorreu ao ‘Hospital de Bonsai’, que funciona na Ceagesp de Bauru (SP). No local, as árvores ‘em miniatura’ ficam internadas recebendo todos os cuidados necessários.

Plantas ficam internadas em ‘Hospital de Bonsai’

Ele buscou ajuda para um bonsai que ficou perto de outras plantas com cochonilha, uma praga bem comum em jardins, e que acabou perdendo folhas e a beleza de antes. Agora, já está brotando e bem diferente de quando chegou.

Quem cuida do trabalho de recuperação é o engenheiro agrônomo Júlio César Polônio, que é bonsaista há 26 anos. O custo do serviço varia muito: em média R$ 40,00 por mês com internação. Atualmente, 10 bonsais estão em tratamento.

O bonsaista Luiz Nakamura conhece bem as necessidades de um bonsai. Ele tem um viveiro com mais de 2 mil plantas. Neto de imigrantes japoneses, Nakamura tem jabuticabeira, pitangueira e plantas florais. O exemplar mais antigo é uma coroa de espinhos de 62 anos.



Fonte: Nosso Campo - TV TEM



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Alimentação natural para cães: dicas e cuidados

Leia Mais