Notícias

Plantas podem ouvir predadores e se proteger de ataques, diz pesquisa

Compartilhe:     |  3 de julho de 2014

Os efeitos de som no crescimento das plantas e outras características têm sido estudados há tempos pelos cientistas e trazem sempre significados de adaptação ecológica. Mas um novo estudo procurou responder a uma pergunta diferente: as plantas são capazes de “ouvir” seus predadores?

Segundo a pesquisa da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, elas não só reconhecem a ameaça iminente, como preparam um contra-ataque.

Para chegar aí, os pesquisadores expuseram um conjunto de plantas para uma gravação em áudio de lagartas comendo folhas, e manteve um outro conjunto de plantas em silêncio.

Mais tarde, as plantas expostas ao ruído da mastigação das lagartas produziram em maior quantidade uma substância química repelente.

Como as plantas detectam essas vibrações, no entanto, ainda não é claro, mas os pesquisadores suspeitam que pode ter a ver com os mecanorreceptores, proteínas de células animais e vegetais sensíveis a estímulos mecânicos contínuos ou vibratórios.

As plantas também são capazes de discriminar entre as vibrações causadas pela mastigação do predador e as causadas pelo vento ou insetos voadores.

“Elas respondem às vibrações geradas por herbívoros de forma seletiva e ecologicamente significativa”, dizem os pesquisadores, sugerindo que a vibração pode representar um novo mecanismo de sinalização que contribui para a indução de defesas químicas.

A pesquisa foi publicada no periódico científico Oecologia.



Fonte: Exame



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Quetzal: uma ave bela e misteriosa

Leia Mais