Notícias

Poluição plástica está causando a morte de camelos, segundo um estudo recente

Compartilhe:     |  26 de dezembro de 2020

Um estudo recente feito por pesquisadores do Journal of Arid Environments aponta que pelo menos 1% dos camelos dos Emirados Árabes estão morrendo em razão da ingestão de resíduos plásticos. Assim como ocorre nos animais marinhos, o plástico ingerido se acumula no sistema digestivo dos camelos, causando uma série de problemas de saúde.

O artigo usa o termo polibezoar para descrever a “coleção compactada de materiais indigestíveis, que podem incluir plásticos e outros detritos e depósitos de sal, que ficam presos no estômago ou no trato digestivo, formando uma grande massa semelhante a pedra” nos animais. Esse acúmulo nos sistemas digestivos pode levar à sepse devido ao acúmulo de certas bactérias.

Além disso, a presença destes resíduos no organismo dos animais também causa desnutrição e desidratação para os camelos. Os pesquisadores examinaram os restos mortais de mais de 30 mil animais da espécie mortos e descobriram que 300 deles tinham grandes acúmulos de plástico no estômago. “Eles variam do tamanho de uma bola de basquete a aproximadamente uma mala grande”, disse o co-autor do estudo, Marcus Eriksen.

E completa: “Eu tenho cinco desses na minha garagem. Um deles pesa cerca de 80 quilos. É enorme, muitas cordas e sacolas plásticas. Eu tenho uma que é tão grande quanto meu torso, como uma batata gigante. Cortei ao meio, e do começo ao fim, são apenas sacos plásticos. Entre, eu diria, entre 2.500 e 3 mil sacolas plásticas, todas comprimidas”, afirma.

Os camelos são particularmente vulneráveis ​​quando se trata de ingestão de plástico. Eles comeram sacos plásticos e outros detritos ao longo das estradas e de árvores. “Pense nos camelos, no que eles sabem. Tudo o que eles sabem no deserto se não é areia, é comida ”, continuou Eriksen . “Se eles virem um saco plástico preso em uma árvore ou preso a uma cerca, eles podem pensar: ‘Oh, isso é um novo pedaço de comida’ e eles vão consumir.”

A poluição do plástico está em todo o planeta. Recentemente, pesquisadores descobriram até mesmo microplásticos no topo do Monte Everest. O plástico também foi encontrado em mexilhões no Ártico europeu e na China. Descobriu-se recentemente que os níveis de plásticos encontrados na Antártica também são 5x o que se esperava .



Fonte: Anda



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Estresse passa do dono para o cachorro

Leia Mais