Notícias

Pragas de roedores do campo estão dizimando plantações na Alemanha

Compartilhe:     |  16 de agosto de 2020

Mais de 120 mil hectares de terras agrícolas da Alemanha estão sendo dizimadas por pragas de ratos do campo. De acordo com a associação nacional de agricultura do país, o ataque tem causado perdas significativas nas safras.

Segundo matéria do The Guardian, alguns fazendeiros estão pedindo relaxamento nas regras do uso de pesticidas. Em toda a Alemanha, os efeitos de uma sucessão de verões secos e invernos amenos permitiram que os ratos procriassem.

Os agricultores disseram que roedores estão cavando túneis sob os campos e roendo as raízes das plantações há meses. As regiões mais atingidas são os estados Turíngia, Saxônia Anhalt e Baixa Saxônia. Na Turíngia, até um quarto das safras foram afetadas, com danos estimados em cerca de 450 euros para cada hectare de trigo.

Uma opção que está sendo considerada pelos fazendeiros é não semear os campos para o inverno com o objetivo de matar de fome os ratos, que têm cerca de 12 cm de comprimento. Alguns agricultores dizem que, além do clima, a redução nos últimos anos do uso de pesticidas ajudou na proliferação.

A ministra da Agricultura da Alemanha, Julia Klöckner, pediu uma reavaliação de emergência das leis para a situação de emergência. Para ambientalista, no entanto, a liberação pode prejudicar espécies ameaçadas de extinção, como hamsters, lebres, ratos-bétula e pássaros migratórios.

Em vez disso, alguns grupos de bem-estar animal estão pedindo a proibição da caça à raposa porque os animais, que consomem cada um entre 3 mil e 5 mil ratos por ano, poderiam ajudar a controlar a população. Os caçadores matam cerca de 400 mil raposas na Alemanha todos os anos.



Fonte: MSN - ISTOÉ - Dinheiro Rural



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

“Comida de humanos” pode até matar os pets! Veja os riscos dessa prática

Leia Mais