Projetos Ambientais

Projeto Uçá tem exposição no AquaRio sobre meio ambiente e descarte correto do lixo

Compartilhe:     |  27 de janeiro de 2019

Crianças são incentivadas a passar por um emaranhado de elásticos com lixos pendurados, simulando a locomoção de organismos no mar poluído

Com a proposta de conscientizar a população sobre o correto descarte do lixo e a preservação do meio ambiente, o mutirão Limpa Oca, realizado pelo Projeto Uçá, está reproduzido em uma exposição interativa no AquaRio, no bairro da Gamboa, até 3 de fevereiro, das 9h às 19h. Para visitar a exposição é preciso adquirir o ingresso do aquário, a partir de R$ 55.

O projeto atua em sete municípios do estado, incluindo Guapimirim e Magé, na Baixada Fluminense, conhecendo de perto os desafios da poluição na Baia da Guanabara. Apenas dentro da Área de Proteção Ambiental (APA) de Guapimirim, o projeto já retirou mais de 22 mil kg de resíduos sólidos em mutirões com a ajuda das comunidades costeiras e associações de pescadores e de catadores de caranguejo. Durante as ações, o grupo desenterrou o lixo dos manguezais e o levou de barco até a sede da APA.

O processo é reproduzido no AquaRio como um alerta lúdico e educativo sobre o aumento de resíduos e a presença de micro e macro plásticos nos mangues cariocas, ecossistema de fundamental importância para o equilíbrio ambiental e a manutenção da vida marinha que ainda resiste na Baía da Guanabara.

As crianças, por exemplo, são incentivadas a passar por um emaranhado de elásticos com “lixos’’ pendurados, simulando a locomoção de organismos marinhos no meio oceânico. O objetivo é estimular a reflexão sobre como deve ser nadar em meio a resíduos.

Exposição segue até 3 de fevereiro, das 9h às 19h
Exposição segue até 3 de fevereiro, das 9h às 19h

Na mostra é possível ainda simular como vivem nos mangues os caranguejos-uçás, um dos símbolos deste ecossistema. De acordo com o presidente da ONG Guardiões do Mar e coordenador nacional do Projeto Uçá, Pedro Belga, descartar corretamente o lixo é uma questão de saúde e respeito a si mesmo:

— O lixo que impacta os manguezais não causa dano só local. Ele pode ser absorvido na cadeia alimentar e chegar ao homem. Portanto, adotar atitudes ecologicamente corretas não é só para ajudar o planeta ou o ecossistema.

O evento faz parte da programação de verão do Aquário Marinho do Rio de Janeiro, com atividades indicadas para toda a família. O Projeto Uçá, com patrocínio da Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental, já reflorestou em quatro anos mais de 182 mil metros quadrados de manguezais, o que equivale a mais de 24 campos de futebol do tamanho do Maracanã. O AquaRio fica localizado na Praça Muhammad Ali, no bairro da Gamboa.



Fonte: Extra - Diego Amorim



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Colecionadores de fãs, os siameses são inteligentes, comunicativos e brincalhões. Conheça curiosidades da raça

Leia Mais