Notícias

Publicação ensina a montar uma composteira doméstica e a transformar lixo caseiro em adubo

Compartilhe:     |  27 de outubro de 2020

Nesse período de pandemia, muitas pessoas começaram a criar plantas ou pequenas hortas em casa. E, para ajudar quem está começando, existe a possibilidade de transformar lixo em adubo.

Uma publicação da Embrapa ensina a montar uma composteira caseira, onde o lixo doméstico se decompõe e vira adubo orgânico.

Para baixar a cartilha, clique aqui.

TUDO SE TRANSFORMA

Como transformar seu lixo doméstico em adubo orgânico

Veja o passo-a-passo do processo de compostagem dos resíduos domésticos

Uma das formas de contribuir para o meio ambiente e melhorar a qualidade de vida das pessoas é reciclar os resíduos orgânicos domésticos transformando-os em adubo orgânico. É muito fácil construir uma composteira. Qualquer um pode fazer até mesmo dentro de um apartamento. Muitas sacadas estão servindo de abrigo para composteiras improvisadas em cestos de plásticos que possuem furinhos por todos os lados. Este tipo de atitude consciente contribui para reduzir a montanha de lixo orgânico nos aterros públicos.

Depois de passarem pelo processo de compostagem, os restos de comida como cascas e caroços de frutas, cascas de legumes, restos de grama, folhagens, casca de ovos e pó de café vão servir como excelentes fontes de nutrientes para as plantas, sem esforço e custo, em um pequeno espaço, melhorando inclusive as condições do ambiente.

O adubo orgânico tem o poder de melhorar as características físico-químicas e biológicas do solo, propiciando condições que favorecem à vida, podendo ser utilizado para adubar frutíferas e hortaliças, contribuindo para aumentar a produção de alimentos em áreas urbanas.Passo-a-passo

1 > Deposite todo o lixo orgânico acumulado em sua casa (folhas secas, galhos, restos de grama cortada, casca de frutas, caroços, etc) em um recipiente que tenha furos, para a saída de ar ou em um espaço de terra no quintal.

2 > Em seguida, tampe com uma lona para apressar a decomposição e evitar a presença de moscas.

3 > Regue, de dois em dois dias e, para arejar, revire todo o conteúdo com alguma ferramenta de jardim.

4 > Em poucas semanas, o material estará pronto para ser misturado à terra. Vai apresentar uma coloração marrom café, cheiro de terra e aspecto homogêneo. A temperatura, que é alta no período de decomposição, ficará igual a do ambiente.

5 > Depois de pronto o composto orgânico já pode ser misturado à terra do jardim, da horta e dos vasos.

 



Fonte: Globo Rural - Redação Bonde - Com informações da Embrapa e dicasdejardinagem.com.br 



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Colecionadores de fãs, os siameses são inteligentes, comunicativos e brincalhões. Conheça curiosidades da raça

Leia Mais